Governador empossa concursados sob protesto

0

Em meio a protestos dos servidores do Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa), o governador do Estado, Marcelo Déda, deu posse nesta segunda-feira, 18, aos 859 concursados que agora compõem o quadro de funcionários da Secretaria de Estado da Educação (SEED). Foram 169 serviços básicos, 318 vigilantes, 108 oficiais administrativos, 16 motoristas, 248 merendeiras escolares. 

Jorge Alberto: até o final do ano mais concursados serão convocados

Somado a esses 859 servidores que passaram no último processo seletivo em outubro de 2007, 1.421 servidores já foram empossados ao longo desse ano. A previsão, segundo o secretário de Administração do Estado, Jorge Alberto, é de até o final de novembro, sejam chamados mais concursados totalizando o quadro dos três mil novos cargos para a SEED. Para ele, há uma grande demanda para realização de concursos. Para o ano que vem, existem mais possibilidades de investimento nesse sentido. A idéia é preencher lacunas pendentes”, frisa.    

O Secretário de Estado da Educação, José Fernandes Lima, fala que essas etapas de admissão são revistas pelo Estado seguindo um cronograma e que ainda não completaram o ciclo. “A admissão desses funcionários

José Fernandes Lima: investir mais na qualificação educacional
não supre ainda as necessidades. Até o final do ano, mais 1898 funcionários serão empossados de forma a cumprir a substituição de pessoas que têm contratos temporários a vencer. Com o quadro formalizado com concursados, a SEED poderá investir mais no seu quadro de funcionários com o objetivo de qualificar mais o ensino no Estado”. Ele ressalta que 150 não cumpriram os requisitos para posse e na próxima convocação serão chamados.

O governador Marcelo Déda disse que esse momento de valorização da Educação no Estado é um trabalho conjunto. “O concurso público é uma forma democrática das pessoas poderem entrar no serviço público por méritos pessoais. É pela inteligência, estudo e dedicação, evitando indicação de x ou y. O Estado tem feito essa seleção de forma paulatina para assegurar os limites das finanças e à Lei da Responsabilidade Fiscal (LRF). Os secretários estão atendendo o cronograma para contribuir com o desenvolvimento do Estado”, destaca.

Estiveram presentes além do Governador Marcelo Déda e os secretários de Administração e Educação, os secretários de Articulação, Jorge Araújo, da Cultura, Luiz Alberto, o diretor do teatro Tobias Barreto, Lindolfo Amaral.

Na porta do TTB, manifestantes pediam a atenção do Governador

Manifestação

Diante de uma solenidade que reuniu os 859 empossados e seus familiares, do lado de fora do Teatro Tobias Barreto uma comissão dos servidores da saúde em greve pedia a atenção do Governador quanto às negociações que já vão para o 16º dia. Nesta segunda-feira, 18, o desembargador Neotônio Machado determinou como ilegal a greve dos servidores do Sintasa.    

Comentários