Inscrições para o Jovem Senador vão até o dia 21

0
(Foto: Divulgação)

Projeto anual, o Jovem Senador proporciona aos estudantes do ensino médio das escolas públicas estaduais, com até 19 anos, conhecimento acerca da estrutura e do funcionamento do Poder Legislativo no Brasil. As inscrições para o Projeto Jovem Senador encerram-se no próximo dia 21 de agosto e os interessados podem encontrar o regulamento e o material para participação no site do projeto.

Para participar, as instituições de ensino estão convidadas a promover um concurso de redação interno entre os alunos, tendo por tema para este ano "Participação política: no parlamento, nas ruas e nas redes sociais", e enviar o melhor texto à Secretaria de Estado da Educação (Seed). A Seed selecionará três redações para representar o estado na etapa nacional.

No Senado Federal, uma comissão julgadora é formada para selecionar os melhores textos de cada uma das unidades da Federação e também o primeiro, o segundo e o terceiro colocados nacionais.

Os autores das 27 melhores redações – um por unidade da Federação – serão automaticamente selecionados para vivenciar, em Brasília, o processo de discussão e elaboração das leis do país, simulando a atuação dos senadores da República. Outros prêmios também estão previstos para alunos e escolas.

O projeto conta com o apoio do Ministério da Educação (MEC), do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e das secretarias de Educação dos estados, e será realizado de 16 a 20 de novembro.

Para Ana Débora, Coordenadora do Projeto na Seed, é a partir desse primeiro contato com o Parlamento que a sociedade pode se aproximar do dia a dia do Senado. "A proposta do Jovem Senador é pedagógica, de formação política; é apresentar para os jovens uma nova visão do processo de elaboração das leis no país", afirma Débora.

O resultado será divulgado até o dia 14 de outubro e o finalista de cada Unidade da Federação será convidado a viajar para Brasília, com as despesas de transporte aéreo, hospedagem, alimentação e traslado pagos pelo Senado, a fim de participar do Jovem Senador. Os estudantes também vão receber um microcomputador portátil, além de certificado e medalha.

Fonte: Assessoria de Comunicação 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais