Inscrições para Projovem seguem até dia 27

0

Maria do Socorro/Foto: Walter Martins
Prossegue até 27 de fevereiro o período de inscrição para estudantes que desejam participar do Programa Nacional de Inclusão de Jovens – o Projovem Urbano. O Programa é desenvolvido nacionalmente pelo Governo Federal, em parceria com as prefeituras. Em Aracaju, o Projovem é coordenado pelas secretarias municipais de Governo, Educação, Assistência Social e Cidadania e pela Fundação Municipal do Trabalho.

Cerca de três mil vagas estão sendo disponibilizadas este ano. Para se inscrever, o aluno deve ter entre 18 e 29 anos e ser alfabetizado. Os documentos necessários são: original e cópia da carteira de identidade, do CPF e do comprovante de residência, além da declaração escolar. As aulas terão início no dia 2 de março e ao se inscrever o aluno receberá gratuitamente a camisa do curso, livros e agenda do estudante.

Os pontos de inscrição funcionam das 14 às 20h nas seguintes unidades educacionais: Escolas Municipais de Ensino Fundamental Diomedes Silva e Laonte Gama, no bairro Santa Maria; Tancredo Neves, no Ponto Novo; Juscelino Kubitschek, na Coroa do Meio; Presidente Vargas, no Siqueira Campos; Jornalista Orlando Dantas, na Veneza; Dom Vicente Távora, no Santo Antônio; Ministro Geraldo Barreto Sobral, no Santos Dumont; Teixeira Lott, no bairro América e Olavo Bilac, na Cidade Nova; além da Escola Municipal de Educação Infantil Aúrea Melo Zamor, no São Conrado.

Também funcionam como pontos de inscrição os Centros de Referência da Assistência Social (Cras) Carlos Fernandes de Melo, no Lamarão, e João Oliveira Sobral, no Santos Dumont; bem como as Escolas Estaduais Francisco Rosa, no Bugio; e Reunidas 8 de Maio, no Porto Dantas.

Benefícios

Além do certificado de conclusão do ensino fundamental, o aluno estará apto a desenvolver uma profissão, por conta da formação profissionalizante oferecida. Os participarnte também realizarão ações comunitárias na região onde moram e receberão uma bolsa auxílio no valor de R$ 100. O recebimento desse benefício está condicionado a dois fatores: ter freqüência mínima de 75% a cada mês e entregar os trabalhos exigidos em cada disciplina.

O curso tem duração de 18 meses e ao longo desse período os estudantes terão aulas de Língua Portuguesa, Matemática, Inglês, Ciências Naturais e Humanas, Ação Comunitária e Qualificação Profissional nas áreas de Alimentação, Vestuário, Serviços Domésticos, Construção e Reparos II, e Higiene Pessoal.

“Desde a sua implantação em Aracaju o Projovem formou quase três mil alunos, jovens que deram continuidade aos estudos regulares e agora estão no ensino médio, outros já estão no mercado de trabalho formal, ou seja, temos alcançado ótimos resultados no decorrer desse processo. Estimular o aluno a prosseguir, dando a ele todo o conhecimento necessário para tanto é o nosso objetivo”, declara a coordenadora de Ação Comunitária do Projovem, Maria do Socorro Lobato Miranda.

Fonte: AAN

Comentários