MPE notifica faculdades

0

Represenantes da UFS e Unit disseram que não há irregularidades nas Pós-graduações
O Ministério Público Estadual (MPE) notificará todas as instituições de ensino do Estado que oferecem cursos de Pós-graduação. De acordo com o promotor Etélio de Carvalho Prado Júnior, o Conselho Regional de Enfermagem (Coren), apresentou ao MPE uma denúncia de que uma faculdade particular de Aracaju estaria oferecendo cursos de pós-graduação para pessoas sem o curso superior completo.

O promotor relata que no final de 2007, o Conselho Nacional de Educação foi consultado e emitiu um parecer no qual reforçava que tal prática é irregular. Nesta segunda-feira, 13, foram convocados até o Ministério Público representantes da Universidade Federal de Sergipe, da Universidade Tiradentes e da Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe (Fanese). Esta última não compareceu à Audiência.

Na ocasião, as instituições informaram que não ocorre esse tipo de procedimento nas suas dependências. “Se for detectado algum caso de irregularidade desse tipo, as faculdades receberão o prazo de 15 dias para realizar as adequações. Caso não resolvam a situação, o Ministério Público  acionará o Judiciário”, salienta.

Comentários