Pais e alunos fazem protesto contra retirada de transporte escolar

0
O ato foi para cobrar o retorno do transporte escolar (Fotos: Romeu Vieira)

Pais e alunos de quatro comunidades (povoados Vivaldo, Volta, Lage Grande e Cipózinho) no município de Riachão do Dantas realizaram um protesto na manhã desta terça-feira, 26. O motivo foi a retirada do segundo transporte escolar que servia para deslocar os alunos das comunidades até a rede de ensino, situada na sede de Riachão do Dantas.

Como forma de protesto, os moradores fecharam a entrada principal que dá acesso ao município e atearam fogo em pneus. Durante o ato, o único transporte responsável por levar os alunos até a escola, foi impedido de passar pelo local.

Com cartaz em mãos, pais pedem o retorno do transporte (Foto: Romeu Vieira)

De acordo com o líder comunitário, Romeu Vieira, ao todo, mais de 100 alunos dependem do transporte para estudar na cidade. “Essas quatro comunidades dá mais de 100 alunos que se deslocam para a sede do município. A Secretaria do Estado tinha disponibilizado dois ônibus para atender a demanda, mas na semana passada, apenas um ônibus estava fazendo o transporte. Tem aluno que está andando 1km para pegar o ônibus e tem aquele que não tem condições de pagar”, lamenta.

Caso o segundo transporte escolar não retorne para atender a comunidade, novos atos deverão ocorrer ainda esta semana.

Seduc

A equipe do Portal Infonet entrou em contato com a assessoria de comunicação da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc) que informou que tomou ciência do ato através da imprensa, mas esclareceu que a retirada do transporte foi feita pela empresa terceirizada, sem comunicar a Secretaria. A assessoria garantiu que na quarta-feira, 27, a empresa vai disponibilizar os dois ônibus para a comunidade.

Prefeitura

A Prefeitura Municipal de Riachão do Dantas, por meio da Secretaria Municipal de Educação, vem a público esclarecer que vem cumprindo com todas as obrigações referentes ao transporte escolar da Rede Municipal de Ensino, e que ainda arca com o transporte universitário, mesmo não sendo obrigatório. Lamentamos profundamente a situação pela qual vêm passando alguns alunos que são atendidos pelo transporte escolar da Rede Estadual de Educação. As linhas, que foram motivo de manifestação na manhã de hoje 26, na região da Laranja, são de responsabilidade do Governo do Estado.

Ao tomar conhecimento da situação, o prefeito Pedro da lagoa determinou que a Secretaria de Educação intercedesse junto ao Governo do Estado a fim de abrir um diálogo para tentar resolver a situação.
“Vamos dialogar com o Governo do Estado para buscarmos os mecanismos para tentar solucionar esse problema. Entendo que a educação é a base de tudo, e esses alunos não podem ter seu ano letivo comprometido”, disse o prefeito.

por Aisla Vasconcelos

*A matéria foi alterada ás 17h33 do dia 26/03 para acréscimo de nota da Prefeitura de Riachão do Dantas
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais