Professores da rede estadual decidem manter a greve

0
Professores decidiram manter a greve (Foto: Portal Infonet)

Durante assembleia realizada na manhã desta quarta-feira, dia 20, os professores da rede estadual de ensino deliberaram pela manutenção da greve por tempo indeterminado. A greve teve início no dia 18 deste mês, onde os professores realizaram um ato em frente ao Palácio dos Despachos para pedir abertura das negociações com o Governo do Estado.

A continuidade da greve ocorre, segundo a categoria, até que o governador Jackson Barreto cumpra a Lei e pague o reajuste do piso salarial aos professores, estabelecido em 13,01% para 2015, bem como melhorias nas condições de trabalho.

De acordo com o professor Roberto Silva, representante do Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado de Sergipe (Sintese), a greve continua até que o governo atenda as reivindicações dos docentes. “Continua a greve até que o governo cumpra com o pagamento do piso, porque até o momento não se tem proposta para a categoria. Já hoje às 15h, o Sintese vai participar de uma reunião técnica com o setor financeiro da SEED e da Fazenda”, avalia.

Ainda ficou deliberado na assembleia, um ato que vai ocorrer na próxima quinta-feira, 21, a partir das 14h no Calçadão da João Pessoa, em Aracaju. Uma nova assembleia ficou marcada para ocorrer na próxima segunda-feira, dia 25, às 15h no Instituto Histórico e Geográficos de Sergipe.

Governo

O secretário de comunicação do Governo do Estado, Sales Neto, já explicou à equipe de reportagem do Portal Infonet, que neste momento, o Governo do estado não tem condições de atender às reivindicações do Sintese porque ainda é preciso fazer a contabilidade do primeiro quadrimestre e que somente após essa ação, é que será possível avaliar as condições de atendimento aos professores.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais