Professores de Pirambu cobram férias vencidas e salário de maio

0
Férias estão vencidas desde o início do ano, segundo Sintese (Foto: facebook Governo Municipal de Pirambu)

Os professores da rede pública no município de Pirambu estão na expectativa que até esta quarta-feira, 10, o prefeito Hélio Martins realize o pagamento do salário de maio da categoria e anuncie as datas para o pagamento das férias dos profissionais vencidas.

De acordo com Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Sergipe (Sintese), os professores ainda não receberam os valores referentes a 1/6 das férias de 2019, que eram para serem pagas em julho do ano passado. “Nós viemos cobrando todo esse tempo, mas o prefeito não recebe a comissão de negociação do Sintese. Essa semana tive uma atualização de que seremos recebidos amanhã (quarta-feira, 9), então esperamos uma notícia positiva”, explica a professora Maria Auxiliadora, coordenadora da base municipal do Sintese no Vale do Cotiguiba.

Os atrasos de pagamentos de salários no município de Pirambu são constantes, segundo os professores. Em 2020, a situação do município foi enquadrada como uma das mais críticas em todo o estado. Em 2019, a categoria chegou a ficar 70 dias sem receber salário, segundo o Sintese.

A Prefeitura de Pirambu, por meio da Secretaria de Comunicação, informou que o pagamento dos salários tem ocorrido após o dia 10, que seria um acordo feito com a classe. O Sintese, no entanto, rebate a informação e diz que tem uma liminar a seu favor, em que os pagamentos devem ocorrer até o dia 10. Sobre as férias, o município informou que só terá um posicionamento nesta quarta-feira, 10.

Por Ícaro Novaes

A matéria foi alterada às 9h27 do dia 10/06/2020 para acrescentar informações enviadas pelo Sintese*
Comentários