Professores fazem greve e início de aulas é adiado em Canhoba

0
Professores fazem protesto na prefeitura de Canhoba (Fotos enviadas por manifestantes)

Os professores da rede municipal de ensino de Canhoba estão em greve. No município, as aulas deveriam ter sido iniciadas na segunda-feira, 10, mas os professores decidiram ocupar o prédio da prefeitura, onde permanecem acampados em protesto à falta de reajuste do piso salarial do magistério, que está congelado desde o ano de 2017, segundo informações do professor Aerton Luiz Soares, coordenador de formação e educação da subsede de base do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Sergipe (Sintese). Essa não é a primeira vez que os professores ocupam a prefeitura para defender os interesses da categoria.

Manifestantes ocupam gabinete da prefeitura

O sindicalista informa que a greve também foi motivada pelas precárias condições de trabalho e pela falta de material pedagógico para que os alunos possam utilizar durante as aulas. Conforme revelou, as sete escolas do município necessitam de manutenção devido a problemas na estrutura física dos prédios e o material pedagógico não foi distribuído.

Conforme informações do professor Aerton Luiz, o piso salarial está mantido no patamar do exercício de 2017: R$ 2.298,00. De acordo com o coordenador da subsede de base do Sintese, atualmente o piso salarial do magistério foi fixado em R$ 2.886,24. Segundo Aerton Luiz, o prefeito prometeu fazer o ajuste referente aos anos de 2017 e 2018 no ano passado, assim como assumiu o compromisso de fazer, em data posterior, um novo ajuste ao piso para recompor o valor estabelecido no ano 2019. “Mas o ano acabou e ele não fez nada”, lamentou.

Na segunda-feira, 10, os professores decidiram iniciar os protestos. Ao invés de seguir para as salas de aula nas escolas, os manifestantes foram à sede da prefeitura. Lá, eles realizaram uma assembleia geral e decidiram adiar o retorno às aulas.

O Portal Infonet tentou ouvir o prefeito, mas não obteve êxito. O número dos telefones informados no site oficial da Prefeitura de Canhoba não funcionam. O Portal também tentou contato através do número do telefone pessoal do prefeito, mas a ligação também não completou. O Portal permanece à disposição. Informações podem ser enviadas por e-mail jornalismo@infonet.com.br ou por telefone (79) 2106 – 8000.

por Cassia Santana

Comentários