Professores vão à Alese pedir apoio de deputados pelo piso salarial

0

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica do Estado de Sergipe (Sintese) voltou a se manifestar em cobrança ao piso salarial dos professores da rede estadual de ensino. Durante a manhã desta quarta-feira, 13, um pequeno grupo fez vigília em frente a Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese). A intenção é mobilizar os deputados para que se somem na pauta da categoria.

Confira a reportagem completa no vídeo:

Seduc

Em nota recente a nossa reportagem, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) afirmou que vem dialogando com a categoria dos professores e que desde “1º de dezembro de 2018 retomou a Carreira do Magistério, com aplicação de 15% no escalonamento, o que representa um ganho real aos professores de aumento nominal de até R$855,88, promovendo a valorização dos níveis: graduação, especialização, mestrado e doutorado”.

Ainda segundo a nota, a Seduc informou que estuda os efeitos da aplicação do Piso Nacional Salarial dos professores sobre a hierarquização da sua carreira, dado ao esgotamento da capacidade do Fundeb em financiar a folha salarial do magistério e dos demais profissionais lotados nas escolas. Mesmo assim, informa que nenhum professor de nível superior em regência de classe da Rede Estadual recebe abaixo do piso nacional, ou seja, um valor de R$ 3.643,74.

Comentários