Projeto Trilhe Trilhas fará “Trilha do Cangaço”

0

No último dia 3 trilheiros fizeram o “Caminho dos Jesuítas” 
O Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UFS promove nesta quinta-feira, 28, a quarta edição do Projeto Trilhe Trilhas com o roteiro “Trilha do Cangaço”. O itinerário percorrerá o local onde Lampião e Maria Bonita foram mortos em Poço Redondo, no Alto Sertão, e o Museu do Cangaço, em Piranhas (AL).

Segundo Magson Mello, idealizador da iniciativa e vice-presidente do DCE, “o maior objetivo é apresentar aos estudantes as cidades históricas do Estado, a cultura e os povos que originaram a sociedade sergipana contemporânea”. Todo e qualquer aluno regularmente matriculado na UFS pode participar. As inscrições são feitas no DCE no valor de R$ 5.

Mais informações pelo telefone (0xx79) 2105-6717.

As trilhas

A iniciativa é inspirada no Projeto Rondon, o qual desde os anos 70 desenvolve atividades de integração entre estudantes e comunidades do Brasil.

O objetivo é disseminar informações referentes às riquezas sócio-culturais e naturais do Estado, propiciando conhecimento dos diversos “Sergipes”, além de fomentar a sergipanidade nos estudantes.

O último roteiro, “Caminho dos Jesuítas”, ocorreu no dia 3 de agosto. Os trilheiros visitaram a Igreja Jesuíta de Tomar do Geru (de 1688), Igreja e Colégio de Tejupeba (ambos também do século XVII) na Fazenda Iolanda, em Itaporanga, e a missão do Jaboatão, no município de Japoatã.

Comentários