PSS Educação:candidatos passam por processo de heteroidentificação

0
O processo está sendo realizado na Escola de Governo (Foto: Felipe Goettenauer)

O Processo de Seleção Simplificado (PSS) da Secretaria Municipal da Educação (Semed) chega a uma nova etapa. Durante toda esta terça-feira, 5 – seguindo até a próxima quarta-feira, 6 –, os candidatos que, durante a inscrição, se declararam pretos ou pardos, participarão do processo de heteroidentificação. Um total de 345 concorrentes foram convocados para esta etapa, que acontece na Escola de Governo e Administração Pública de Aracaju (Esgap). Duas comissões, formadas por três membros cada, avaliarão os candidatos. Uma terceira comissão está reservada para a fase de recursos.

Esta é a primeira vez que a heteroidentificação acontece em um processo seletivo da Prefeitura de Aracaju. “Nós procuramos escolher para a mesa avaliadora, pessoas ligadas ao movimento negro, todas fazem parte do Conselho Municipal de Igualdade Racial, que foi criado recentemente. Todos têm uma legitimidade e um histórico de envolvimento com a causa da igualdade racial. E escolhemos a banca também respeitando a igualdade de gênero entre homens e mulheres”, explica o subprocurador geral do município e presidente da comissão organizadora do processo seletivo, Tiago Batista Vieira.

A ordem de apresentação dos candidatos foi definida de acordo com as disciplinas em que eles pleiteiam uma vaga. Na manhã desta terça-feira, por exemplo, é a vez dos professores de Ciências, História e Educação Física. “Este é o primeiro processo de heteroidentificação que estamos fazendo, então montamos toda uma estrutura, uma logística pra que as pessoas venham, tenham conforto na espera, sejam atendidas a tempo e saiam satisfeitos. Fizemos todo um cronograma com dias e horários para que não haja aglomeração”, destaca a gerente-geral de Desenvolvimento de Pessoas da Secretaria Municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplog), Noemia Gois.

Heteroidentificação

O PSS da Educação é o primeiro Processo Seletivo com vagas destinadas aos afrodescendentes desde a regulamentação da Lei 5.409, sancionada no dia quatro de julho de 2018. Após passarem pela comissão avaliadora, os candidatos passam por um registro de imagem. O resultado deste processo será divulgado no próximo dia 8 de fevereiro. “Este é um trabalho histórico, pois é o primeiro processo de heteroidentificação que está sendo feito na Prefeitura de Aracaju e é um passo muito importante para a causa negra, para a luta da igualdade racial”, enfatiza Tiago Batista.

PSS

Desde que foi lançado, no final de 2018, o PSS da Educação passou por diversas etapas, entre elas, a entrega de títulos dos candidatos. Após o resultado da heteroidentificação, os candidatos terão o dia 11 de fevereiro para a interposição de recurso. O resultado final do PSS será publicado no dia 18 de fevereiro. “Em termos de seleção, este foi um processo bastante criterioso. Fizemos uma análise detalhada dos títulos dos candidatos e eu acredito que o fato digno de nota deste processo todo foi, justamente, as vagas destinadas aos candidatos afrodescendentes. Este certame tem um diferencial não só do ponto de vista do beneficio que ele trará à Educação, mas o beneficio à sociedade como um todo”, pontua o coordenador de recrutamento e seleção da Semed, Karl Roney Torres Costa.

O PSS da Educação visa a contratação temporária de professores substitutos, além de cadastro reserva, para ocupar 200 vagas em diversas áreas de atuação, como Educação Infantil, História, Matemática, Português, Geografia, Ciências, Inglês e Educação Física, destinadas à profissionais que deverão atuar nas unidades escolares da rede de ensino de Aracaju.

Fonte: PMA

Comentários