Sistema de cotas: 14 estudantes da UFS foram considerados inaptos

0
19 discentes passaram pela avaliação (Foto: Seduc)

A Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) da Universidade Federal de Sergipe divulgou na terça-feira, 26, o resultado após a avaliação da banca de aferição e heteroidentificação, como continuidade da efetivação dos processos para apuração de denúncias de possíveis irregularidades na autodeclaração de pretos ou pardos.

Dentre os 19 estudantes convocados, referentes ao Edital Nº 01/2021/Prograd, para avaliação, 14 foram considerados inaptos, três não compareceram, uma desistiu da vaga e apenas uma foi considerada apto para ocupar a vaga.

O resultado da aferição não terá o poder de cancelar administrativamente qualquer matrícula dos alunos relacionados, apenas de analisar as denúncias de possíveis fraudes e emitir um relatório técnico conclusivo, o qual será encaminhado, caso confirmada a presença de indícios de fraude, ao Ministério Público Federal (PRDC/SE) para adoção das providências cabíveis.

Veja o resultado abaixo.
Resultado – Banca de aferição e heteroidentificação

Fonte: Ascom UFS

 

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais