UFS pagará auxílio Manutenção Acadêmica para bolsistas do Pibid e RP

0
Auxílio de R$ 400 será garantido aos alunos que atendam critérios de vulnerabilidade socioeconômica (Foto: Portal Infonet)

O pagamento dos auxílios dos Programas Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) e de Residência Pedagógica (RP) está atrasado para estudantes de todo o país. Para mitigar a situação dos seus bolsistas em condição de vulnerabilidade socioeconômica, a Universidade Federal de Sergipe (UFS) lançou nesta sexta-feira, 29, edital para concessão do benefício Manutenção Acadêmica.

No edital, são convocados os bolsistas para seleção de concessão do auxílio. O benefício é destinado, especificamente, aos alunos com bolsa ativa e voluntários de Pibid e RP, regularmente matriculados em período letivo da modalidade de graduação em licenciaturas presenciais da UFS, e que estejam incluídos, obrigatoriamente e comprovadamente, em critérios de vulnerabilidade socioeconômica.

Será ofertado benefício de R$ 400, previsto para pagamento em parcela única, podendo ser renovado, mediante dotação orçamentária. O discente beneficiado com o recurso do edital declara ciência em manter-se vinculado ao seu programa, curso e atividades inerentes à sua bolsa.

A averiguação da lista de bolsistas e voluntários será realizada pela equipe da Delib/Prograd, a partir do cadastro do CadÚnico do Sigaa, onde os alunos deverão estar com a documentação atualizada. O resultado da avaliação será publicado no dia 5 de novembro, na página da Prograd.

Em caso de dúvidas, o aluno poderá entrar em contato através do e-mail delib@academico.ufs.br.

Portaria

O benefício Manutenção Acadêmica foi assegurado através da Portaria Nº 1.284, assinada pelo reitor Valter Santana ainda nesta sexta-feira, 29. A execução do auxílio é supervisionada pelas pró-reitorias de Graduação (Prograd) e de Assuntos Estudantis (Proest).

“A UFS entendeu a justa reivindicação dos alunos bolsistas que estão em situação de vulnerabilidade socioeconômica, pois a bolsa é essencial para sua permanência nos programas e no próprio curso. Lembrando que são programas indispensáveis, não apenas para a formação desses estudantes, mas que geram impactos de forma direta na educação pública. Esperamos que o benefício Manutenção Acadêmica possa garantir a manutenção desses bolsistas de forma emergencial, enquanto torcemos pela rápida solução do problema em nível nacional”, afirma o reitor da UFS

Os recursos financeiros utilizados para atender o edital serão provenientes do orçamento geral da UFS e de ações orçamentárias específicas para 2021, com pagamento a partir de recursos do Plano Nacional de Assistência Estudantil (Pnaes).

Fonte: Ascom UFS

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais