Após grave lesão, Altemar fica próximo de um retorno no Confiança

0
Lateral avança para poder retomar treinos no campo (Foto: Confiança)

O lateral esquerdo do Confiança, Altemar, sofreu uma lesão grave no joelho durante o jogo contra o Ferroviário no ano passado, válido pela última rodada da primeira fase da série C do Campeonato Brasileiro. O jogador precisou passar por uma cirurgia de reconstrução do ligamento cruzado anterior. Após uma nova lesão e a pandemia do novo Coronavírus, a expectativa do fisioterapeuta do Confiança, Emmanoel Sampaio, é de que o atleta volte aos campos em cerca de dois meses.

O fisioterapeuta relatou como estava recuperação de Altemar. “O atleta vinha se recuperando dentro de todos os padrões normais. No terceiro mês, foi detectado um processo inflamatório na patela e no tendão patelar. Fazendo com que a carga fornecida ao atleta durante a recuperação fosse reduzida devido ao quadro álgico e para não agravar a lesão.”

De acordo com Emmanoel, o processo inflamatório não tem relação direta com a primeira lesão. “A cicatrização do ligamento mantinha-se dentro dos padrões normais. A redução de carga tornou mais moroso o processo de recuperação do atleta, mas ainda trabalhávamos dentro do prazo.”

A pandemia do novo Coronavírus foi um novo desafio por haver a necessidade de paralisação das atividades presenciais. Altemar realizou trabalhos online, mas isso causou aumento do prazo estabelecido anteriormente. Há duas semanas, foram autorizadas o retorno das atividades presenciais.

“Reiniciamos o trabalho mais focado em rendimento e o retorno de Altemar ao esporte. Hoje estamos na fase de ganho de força e de retorno aos gestos esportivos para ele entrar na fase de transição com a preparação física.”, explicou.

O Confiança investiu mais 1,5 milhão na reforma do Estádio Sabino Ribeiro, sendo 250 mil com a academia. Emmanoel destacou que tanto a academia quanto a sala de fisioterapia ficaram padrão série A, o que ajudou na potencialização da evolução do jogador.

Altemar foi bicampeão sergipano em 2014 e 2015, participou do acesso para a série C em 2014 e para a B em 2019. Neste ano, ele poderá disputar a série B.

O lateral expressou a ansiedade para voltar a jogar. “Estou me dedicando ao máximo e o clube também está me dando toda assistência necessária para que eu possa voltar e voltar bem. Espero que o mais breve possível, eu possa ajudar o clube dentro de campo, que é a minha maior vontade no momento.”, finalizou.

Fonte: Confiança

Comentários