Conferência Estadual de Esporte

0

Um dos momentos da Conferência Estadual de Esporte esperado com grande expectativa por todos os participantes foi a eleição dos 20 delegados e seus respectivos suplentes, que representarão Estado de Sergipe na Conferência Nacional de Esportes a ser realizada no período entre 17 e 20 de junho, em Brasília. A expectativa gerou uma série de debates entre todos os participantes, principalmente porque cada entidade, cada grupo, cada associação, pretendia enviar o seu representante no evento nacional. O fato de todos poderem votar e serem votados dificultou mais ainda, o trabalho da comissão organizadora, que ao final se saiu muito bem, ao constituir uma chapa, que contou com o consenso de todos os participantes. “Realizamos uma eleição de forma mais democrática possível. Mesmo porque, não poderia ser diferente. Os trabalhos foram conduzidos dentro da legalidade democrática e ao final, todo o segmento participante do evento foi contemplado, com a escolha de um representante, para a Conferência Nacional”, disse Ricardo Moraes, coordenador da Conferência Estadual de Esportes. O coordenador estadual do evento informou ainda, que a professora Andréa Nascimento Ewerton, representante do Ministério do Esporte teceu elogios à forma como a SEJESP conduziu todas as etapas da Conferência. “Para evitar qualquer tipo de comentário suspeito, não permitimos que os membros da comissão, pertencentes à SEJESP fizessem parte da chapa consensual, mesmo que por direito, a comissão tivesse que ter um dos seus membros, como delegado estadual. Mas preferimos encontrar outro caminho”, comentou Ricardo Moraes. Para o professor Manoel Adelmo, delegado da Prefeitura Municipal de Nossa Senhora das Dores, enquanto evento, objetivando revitalizar o esporte sergipano, a Conferencia atendeu plenamente seus objetivos e foi de grande importância. Mas ele tem algumas ressalvas. “Estou satisfeito com tudo o que foi feito até agora, No entanto, discordo da forma com foi conduzido o processo inicial, que inviabilizou a realização das conferências municipais”, criticou Adelmo, tecendo ainda alguns comentários, sobre a parte cerimonial do primeiro dia. DELEGADOS A chapa que elegeu os 20 delegados foi consensual e segundo o coordenador do evento, contempla todas as entidades, associações, municípios, federações e grupos, participantes do evento. Serão representantes sergipanos na Conferência Nacional os seguintes delegados: Isis Conrado Haun –UFS- José Robson dos Santos –Funcaju – Alex Sandro S. Almeida – Associação Comunitária – Lilia Aparecida Boaventura – PM de Estância – Ivanildo Gonzaga – Associação Comunitária – Carlos Alberto P. da Silva – UFS – Vera Lúcia Tavares Farias – Associação de Bairros – Josevaldo Bezerra de Andrade – Futebol – Ney Lúcio dos Santos – PM e Riachão – Williams Alves de Oliveira, Artur Barreto, Jadson Oliveira e Geovane Santos Moura – Associação Comunitária – Maria Luciene Cacho Resende – Federações Esportivas – Cícero Bezerra – Futebol Amador – Antonio Sergio Lima – Atletismo – Aldinete Melo – Futebol de Bairros do Santos Dumont – Jorge Alves dos Santos – Tae-Kwondo – Wolney Melo Dias – Sec. da Justiça e Carlos R. Rodrigues – UFS -.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais