Confiança desiste da contratação de Mazinho

0

O meio-campista Mazinho Brasília não vem mais jogar pela Associação Desportiva Confiança na temporada 2005. Mesmo as negociações estando adiantadas, a diretoria do clube e ele mesmo tendo confirmado sua vinda, na noite da última quarta-feira, o novo reforço foi descartado. Entre os motivos da desistência por Mazinho estão o fato do jogador ter exigido passagens aéreas para ele e a família, bem como, ter alegado que uma série de clubes – inclusive do Estado de Sergipe – estariam também interessados em sua contratação.

Segundo o vice-presidente do Confiança, Tadeu Cruz, que toma posse no próximo dia 16, o que motivou o time proletário a desistir do meio-campo Mazinho Brasília foi o fato dele não ter cumprido o que ficou acertado nas negociações em virtude das várias exigências feitas. Como exemplo, citou o fato do atleta ter exigido passagens aéreas para ele e toda a família, ou seja, quatro passagens para vir e quatro para retornar quando o Campeonato Sergipano terminasse.

“O Confiança não tem condições de investir no jogador e bancar ao mesmo tempo a família do atleta”, argumentou Tadeu Cruz, reafirmando que as negociações estavam adiantadas com o apartamento já estando, inclusive, alugado. Ele disse que o gasto do clube só as oito passagens aéreas seria da ordem de R$ 5.000,00 recurso esse equivalente ao que será investido na divisão de base da equipe proletária em 2005.

Tadeu Cruz disse ainda, que durante as negociações a esposa de Mazinho Brasília chegou a telefonar para o presidente eleito do clube, Milton Dantas, e confirmou o que estava sendo acertado. Um outro motivo que levou o Confiança a desistir do meio campista, foi o fato dele ter dito posteriormente que o valor da proposta feita por sua contratação era muito baixo. “O que estávamos oferecendo é o que podemos pagar no momento. O que não queremos em 2005 é fazer uma oferta que não tenhamos condições de cumprir”, argumentou. 
   
Treinamentos – Enquanto a diretoria continua as negociações para reforçar a equipe no Estadual de 2005 e a Copa do Brasil – pretende contratar mais um cabeça de área, um meia e um atacante de velocidade – o elenco do Confiança que já se apresentou continua com os trabalhos físicos, sob a orientação do preparador físico Newton Cruz. Só no próximo domingo, começa o treinamento com bola, orientado pelo técnico Edson Leivinha. Na manhã e tarde de ontem, a equipe realizou trabalhos físicos na praia de Atalaia.

Para Newton Cruz, a não vinda de Mazinho Brasília não vai abalar em nada, pois a diretoria certamente trará outros nomes a altura. “Pretendo desenvolver um trabalho com coerência, ética e dentro das condições do clube”, observou, acrescentando que os novos atletas que estão para chegar devem ter o mesmo perfil do grupo que já está trabalhando, pois acima da parte física deve ser observado o caráter do jogador. A média de idade do elenco proletário de 21 anos, por isso mesmo, pretende fazer uma mesclagem com os mais experientes.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais