De virada, Confiança derrota ao ASA

0

Valdson foi um dos artilheiros
 
Fonte: Alagoas 24 Horas

Depois de iniciar o returno quase eliminado, o Confiança-SE mostrou poder de reação e ficou muito próximo de uma vaga ao octogonal final do Campeonato Brasileiro da Série C. Com direito a três pênaltis a seu favor e uma arbitragem polêmica, o clube sergipano venceu o ASA-AL, de virada, por 3 a 1, na noite desta quarta-feira, pela penúltima rodada da terceira fase.

Esta foi a segunda vitória seguida do time proletário, que embolou toda a disputa do Grupo 26. Tem oito pontos na vice-liderança, perdendo apenas no saldo de gols para o líder ASA: 3 x 2. Em terceiro, está o Campinense-PB, com sete e o quarto é o já eliminado Salgueiro-PE, com três pontos.

Muita confusão e pouco futebol

A partida começou bastante conturbada e, antes dos cinco minutos, o árbitro paulista Rodrigo Martins Cintra já havia expulsado três. Logo aos três minutos, o zagueiro Eridon (ASA) e o atacante Nilson Sergipano (Confiança) trocaram agressões e receberam o vermelho. O técnico do time mandante, Maurício Simões, também foi expulso por reclamação.

Quando, enfim, a bola rolou, os times apresentaram um futebol pouco ofensivo e bastante congestionado no meio-campo. O Alvinegro alagoano, muito próximo da classificação, entrou em campo claramente com a proposta de se defender e sair apenas nos contra-ataques.

E a tática deu certo, tendo em vista que nos primeiros 45 minutos, o clube sergipano praticamente não levou perigo à meta do goleiro Santos. A única boa oportunidade aconteceu aos 36, para visitantes. O volante Rogério fez bela jogada individual e tocou para o lateral-direito Didira finalizar rente ao travessão.

Três pênaltis, três gols

Se na primeira eta ficou limitado à defesa, na segunda o ASA surpreendeu e abriu o placar logo a um minuto. O atacante Nena e Rogério fizeram uma ótima troca de passes e o último cruzou para a área. A defesa falhou e o meia Leandrinho apareceu como elemento surpresa para estufar as redes.

O gol parece ter despertado os donos da casa, que, empurrados por sua torcida, acabaram partindo ao ataque. Até que aos 18, saiu o primeiro gol. O zagueiro Váldson, ex-Vasco e Corinthians, bateu com categoria um pênalti sofrido pelo atacante Alisson.

Com o empate, a torcida e o time cresceram e, aos 23, Rodrigo Martins Cintra marcou outro pênalti, desta vez por toque de mão do meia Audálio. O atacante Cristiano Alagoano bateu bem e virou. Se a situação já era difícil para o ASA, ficou pior após a expulsão do lateral Bruno.

Com um a menos, os visitantes tentaram sair para o jogo, na tentativa de empatar, mas acabaram castigados aos 38. Novamente em cobrança de pênalti, sofrida por Alisson e convertida, agora, pelo meia-atacante Alcimar.

Próximos Jogos

No próximo domingo, às 16 horas, o Confiança volta a campo para enfrentar o Salgueiro, no Estádio Cornélio, no interior pernambucano. Já o ASA joga contra o Campinense-PE, nos mesmos dia e horário, no Estádio Coaracy Fonseca, em Arapiraca.

Ficha Técnica

Confiança-SE 3 x 1 ASA-AL

Local: Estádio Lourival Batista, em Aracaju – SE

Árbitro: Rodrigo Martins Cintra – SP

Renda: R$ 64.210,00

Público: 7.386 pagantes

Cartões Amarelos: Valdson (Confiança); Bruno, Márcio, Audálio e Coracine (ASA)

Cartões Vermelhos: Nilson Sergipano (Confiança); Eridon (ASA)

Gol: Valdson, Cristiano Alagoano aos e Alcimar (Confiança); Leandrinho (ASA)

Confiança-SE

Fábio; Jorginho, Marcio Alemão, Valdson e Serginho (Alcimar); Surubim, Fabinho (Cristiano Alagoano), Robinho e Juninho Petrolina; Da Silva (Alisson) e Nilson Sergipano.

Técnico: Maurício Simões

ASA-AL

Santos; Didira, Eridon, Márcio e Bruno; Coracine, Rogério (Juninho Cearense), Audálio e Leandrinho; Nena (Michael) e Nilson (Ítalo).

Técnico: Vica

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais