Delegação japonesa visita Constâncio para Olimpíadas

0

Delegação japonesa visita Constâncio Vieira para Olimpíadas (Fotos: Portal Infonet)

Os japoneses visitaram as instalações do ginásio 

Gilson Dórea, diretor de esportes da Setesp, Luciene Resende, presidente da CBG, e Márcia Mendonça, presidente da Federação Sergipana de Ginástica 

A visitação pode definir Aracaju como local de treinamento dos japoneses 

A capital sergipana começou a mostrar neste sábado, 21, o que tem a oferecer para a delegação japonesa durante os Jogos Olímpicos de 2016. Os japoneses fizeram, nesta manhã, uma visita ao Ginásio de Esportes Constâncio Vieira, para avaliação de equipamentos e instalações, para um período de aclimatação durante as próximas Olimpíadas, que serão realizadas no Brasil.

Para acompanhar a visita da deleção japonesa, o diretor de esportes da Secretaria de Estado do Turismo e do Esporte (Setesp), Gilson Dórea, e a presidente da Confederação Brasileira de Ginástica (CBG), Luciene Cacho Resende.

A presidente da CBG, que tem sede oficial em Aracaju, fala das vantagens que a capital sergipana para a escolha da delegação japonesa. “Temos o Ginásio Constâncio Vieira, os melhores equipamentos, clima favorável, que se assemelha ao do Rio de Janeiro, povo hospitaleiro e uma cidade muito bonita. Além do tráfego que favorece os deslocamentos até o local de treinamento”, falou Luciene Resende.

O diretor de esportes da Setesp diz que, em 1.038 cidades, Aracaju foi uma das classificadas para receber o Japão.  Para Gilson Dórea, é uma oportunidade, não só aos atletas locais, mas também a todos os aracajuanos, uma equipe de alto nível treinando em Sergipe. “Não só isso, mas também divulga o nosso estado para o mundo. O Japão tem ícones na área da ginástica. Então, é muito importante tanto para o Turismo quanto para a parte esportiva. O governo está imbuído para atender as exigências que serão feitas”, disse.

Pela delegação japonesa, vieram: Watanabe Morinai, que é secretário geral, Mizutori Hisash, Yamamoto Norifum e Muramakami Taku. O secretário geral chama a atenção sobre o ponto forte de Aracaju. “Ter a presença da presidente da CBG aqui conosco é importante”, disse Morinai.

Até o momento, despertaram interesse por Aracaju os países do Japão, com a Seleção de Ginástica Artística (GA), Coreia do Sul, com a Seleção de Ginástica de Trampolim (GT), e Rússia, com a Seleção de Ginástica Rítmica (GR).

Por Helena Sader e Aldaci de Souza

Comentários