Equipe olímpica de vela já pensa em Atenas

0

Após dez dias de batalha durante a Seletiva Pré-olímpica de Vela, em Búzios, vários atletas asseguraram a classificação em quase todas as classes. A competição começou no dia 28 de fevereiro, com a programação de um total de 18 regatas, divididas em duas séries de 9 regatas cada, com o descarte dos dois piores resultados em cada série. A Seletiva Pré-olímpica não teve surpresas. Afinal, nomes como Robert Scheidt e a dupla Torben Grael e Marcelo Ferreira classificaram-se com facilidade e provaram novamente que continuam quase imbatíveis por aqui. Se em Sidney a vela brasileira chegou com grandes chances em duas classes, após quatro anos de treinamento a equipe vai chegar em Atenas com pelo menos quatro chances de medalhas. Além dos atletas acima citados, Ricardo Winnicki na Prancha à Vela e a dupla André Fonseca e Rodrigo Link na classe 49er estão entre os 15 melhores atletas no ranking mundial. Em geral, esta situação é um indicador de medalhas. Mas, em outras classes também há boas chances pois todos são atletas de alto nível. “Estou muito feliz em poder representar o Brasil novamente numa Olimpíada. É sempre um orgulho. Quanto ao favoritismo, tento não me preocupar com isso. Gosto de ganhar, mas tenho prazer em velejar. Quando entro na regata, é para dar 100%. Numa Olimpíada, é natural ter um pouco de ansiedade, mas quando começa a primeira regata, dou o máximo de mim. Se não conseguir, paciência. Mas eu reajo melhor quando me sinto pressionado. Meus melhores resultados foram conquistados dessa forma”, declarou Robert Scheidt. Para Scheidt e Torben, ganhar em Atenas poderá ter um brilho especial. Robert Scheidt já possui duas medalhas olímpicas (ouro em Atlanta 96 e prata em Sidney 2000); a dupla Torben e Marcelo possuem duas medalhas olímpicas (ouro em Atlanta 96, bronze em Sidney 2000 ), sendo que Torben ainda possui 2 medalhas (bronze em Seul 88 e Prata em Los Angeles 84). Se em Atenas um deles conseguir a medalha de ouro em sua classe, estará se equiparando ao legendário atleta do Atletismo Adhemar Ferreira da Silva, único brasileiro a possuir duas medalhas olímpicas de ouro. “É uma possibilidade de ouro. Isso só vai aumentar nossa motivação”, afirmou Torben. João Signorini (Joca) da classe Finn, classificou-se após um duelo equilibrado com o paulista Bruno Prada. Na 470, Alexandre Paradeda e Bernardo Arndt garantiram a classificação após dominar praticamente todas a primeira etapa do torneio. A dupla disputou as Olimpíadas de Sydney e acredita que a experiência é fundamental numa competição desse nível. “Em Atenas, vamos entrar para conseguir resultados”, disse Bernardo. Para Joca, a classificação foi um alívio. “Agora eu quero descansar. Diferentemente de outras classes, onde todos estavam com o pensamento na Seletiva Pré-Olímpica, tivemos três campeonatos fortíssimos seguidos, o Brasileiro, o Sul-Americano e o Mundial. Em maio, quero participar do Campeonato Europeu, na França, e mais dois torneios que ainda não decidi quais”, afirmou o velejador carioca. A equipe será composta de um velejador de cada uma das classes olímpicas em que o Brasil participa: Star, Laser, Finn, Prancha à Vela Mistral masculino, Prancha à Vela Mistral feminina, 49er, 470 masculino, 470 feminino, Europa feminino e Tornado. Nas classes 470 feminino, Europa feminino e Tornado, a vaga para Atenas ainda não está garantida e terá de ser conquistada nos Campeonatos Mundiais que ocorrerão no período de abril a maio próximo. Os vencedores destas classes em Búzios foram Roberta Borges (Europa), Fernanda Oliveira e Adriana Kostiw (470 feminino) e Maurício Santa Cruz e João Carlos Jordão (Tornado). Todos os atletas que conquistaram a classificação na Pré-Olímpica são integrantes da Equipe Petrobras de Vela. A Petrobras vem investindo nos atletas olímpicos da vela desde 2002. Os velejadores estão disponíveis para entrevistas, de acordo com a agenda dos mesmos. Os contatos podem ser feitos com a Gerência de Imprensa da Petrobras. Já estão classificados para a Equipe Olímpica de Vela : Classe Laser: Robert Scheidt Classe Finn: João Signorini Classe Star: Torben Grael e Marcelo Ferreira Prancha à Vela Mistral masculina: Ricardo Winnicki Prancha à Vela Mistral feminina: Carol Borges 470 masculino: Alexandre Paradeda e Bernardo Arndt

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais