Estádio Ariston Azevedo vira pasto

0

Depois de brigas e confusões que resultaram na queda do Dorense para a segunda divisão, entra em ação mais um capitulo da falta de organização do futebol sergipano. O Estádio Ariston Azevedo, que há pouco tempo recebeu jogos importantes, hoje virou pasto para animais. A equipe alvirrubra, que chegou a disputar titulo em condições de igualdade com Sergipe e Confiança, não existe mais. A situação do gramado e do estádio inviabiliza até mesmo o Dorense de participar da Série B.

O ex-presidente, Sergio Henrique, lamentou que o Estádio Ariston Azevedo esteja nessas condições até porque, durante esse ano ainda, se tentou junto ao Governo do Estado uma ajuda financeira para realizar algumas pequenas reformas. Para ele, o futebol de Dores sempre foi destaque no cenário sergipano e só está mergulhado nessa crise devido à falta de entendimento de seus dirigentes.

Sergio Henrique disse que o Dorense em 2001 ganhou o titulo de melhor time do interior, ficando atrás apenas de Confiança e Sergipe. Apesar deste episodio fazer parte do passado, o ex-presidente entende que são lembranças que jamais serão esquecidas pela torcida alvirrubra.   “Enquanto estive a frente do Dorense, o clube sempre honrou as suas tradições”, finalizou.

O vice-presidente de comunicação da Federação Sergipana de Futebol, Custódio Santana, disse que não tem conhecimento da situação do Estádio Ariston Azevedo, mas fez questão de ressaltar que a Série B do Campeonato Estadual começa em agosto de 2005, tempo suficiente para realizar as reformas do gramado e da praça de esportes. “O Estádio Caio Feitosa está sendo recuperado em dois meses porque o Ariston Azevedo não pode ser reformado da mesma forma”, questionou Santana, ressaltando que hoje e amanhã não haverá expediente na federação por conta do recesso natalino.

 

 

 


 


 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais