“Estou recomeçando”, diz Kível após mais de um ano longe dos gramados

0
Em relação a lesão em si, a equipe médica destacou que ela foi incomum para jogadores de futebol (Foto: arquivo/ Portal Infonet)

Depois de um período de longa recuperação, o atacante do Confiança Leandro Kível demonstra otimismo com a volta aos gramados. Em entrevista coletiva no Sabino Ribeiro na tarde desta segunda-feira, 09, o jogador relembrou a lesão no joelho que sofreu em fevereiro do ano passado durante uma partida contra o Itabaiana pelo Campeonato Sergipano e destacou que o momento é de recomeços na sua carreira.

Klível ao lado da equipe médica durante coletiva (Foto: Portal Infonet)

Leandro Kível lembra que nunca teve um histórico de grandes lesões e por isso foi bastante difícil o afastamento dos gramados. “O atleta nunca quer está machucado. Eu não tinha experiência em lesões. Mas felizmente conseguimos juntos, eu e equipe médica, passar por esse longo processo de recuperação”, destaca. Ainda segundo o atleta, ver seu nome da lista de relacionados contra o Bahia neste último sábado, 07, foi motivo de bastante comemoração. “Foi o fim de um clico bem longo. Me emocionou bastante”, conta.

Kível havia passado por um cirurgia no dia 19 de fevereiro de 2019 para corrigir a lesão que sofreu no joelho direito. Segundo o atacante, o pós-operatório foi uma das fases mais difíceis da sua vida. “Foram dias difíceis, de muita insegurança. Passei por noites sem dormir. E agora estamos colhendo aquilo que plantamos. Estou chegando perto dos 100%. Mas só pelo fato de ter passado por tudo que passei já é motivo de vitória. Eu estou recomeçando minha carreira”, resume o jogador.

A lesão

Em relação a lesão em si, a equipe médica destacou que ela foi incomum para jogadores de futebol. “Eu só conheço dois jogadores no Brasil que passaram por um lesão igual ao do Leandro. Ela foi grave e complexa”, avalia o fitoterapeuta Emanuel Sampaio. Ainda segundo o profissional, o atleta chegará aos 100% após ganhar ritmo de jogo. “Embora ele esteja em ótima forma física, ainda não está totalmente pronto. Mas isso será resolvido aos poucos, conforme ele for jogando e ganhando ainda mais condicionamento físico”, destaca.

por João Paulo Schneider 

Comentários