Eu não disse que não estava convencido?

0

Ta aí a prova! Mais uma derrota dos “Galáticos”, que não jogaram absolutamente nada.

Carlos Lopes

Tudo bem! O Atlético de Bilbao foi ajudado pelo Técnico Mariano Garcia Remón, do Real Madri, que “bizonhamente” barrou o Roberto Carlos, como se ele, sozinho, fosse o culpado da péssima campanha do time até agora, mas só isso não explica.

O time “Alvi-Rubro”, aproveitou esta “mancada” do técnico adversário e enfiou, logo no primeiro tempo, duas “azeitonas” no “empadão” do Cassilas, aos 10 minutos através de Urzáis (20) e, quando o time madrileno já se preparava para deixar o campo, satisfeitíssimos com o resultado, Ezquerro (9), complementou, aos 44 minutos.

Os dois gols aconteceram em cima do Raul Bravo (15), que substituía Roberto Carlos (3).

Coincidência??? É obvio que não.

Outro que não foi trabalhar e, mandou um clone defeituoso no seu lugar foi o Beckham.

Aliás, se alguém o vir por aí, avisa que no domingo que vem tem jogo pelo Espanhol e, se ele quiser fazer a gentileza de jogar, o Real – que hoje ta valendo menos que o nosso (R$) – agradece.

Não vai demorar muito e, as críticas ao time irão desmoronar na cabeça do Ronaldo, que também não pode ser responsabilizado pela falta de gols, afinal ele “não é uma ilha”.

Eu o classifico como “Produto Final” e, como tal, precisa de “Matéria Prima”, que no caso é uma bola bem passada, tipo “a la Zidane” (rapaz, como esse cara ta fazendo falta).

O Figo, bem que tenta, mas sem o craque francês, ele fica capenga. Parece o nosso “Saci”, que joga, joga e, só consegue o que o peixe faz, nada.

O Técnico Oficial, segundo o presidente; mas que pra mim não é nem interino, é provisório; começou o segundo tempo, pra não “dar o braço a torcer”, sem o Roberto. E até pensou que estava certo, quando Raul (7), concluiu com um “petardo” bem colocado, jogada que teve início com Ronaldo, na lateral esquerda, que passou para Guti, que num raríssimo lampejo de craque, serviu de calcanhar ao “xodó do Real”, que não desperdiçou.

Mas como “rapadura é doce, mas não é mole não”, o time continuou a jogar mal e sem nenhuma inspiração.

Até que aos treze minutos, o “atual” técnico do time de estrelas, quedou-se diante do “óbvio ululante”, como já dizia o Mestre e grande Tricolor, Nelson Rodrigues, colocando em campo o lateral-esquerdo titular e também o atacante Morientes (8).

Não é que o Time melhorou !!!

Melhorou mas não teve competência para sequer empatar e se não fosse as defesas milagrosas do competente Cassilas, a coisa poderia ter ficado pior.  

É o tal negócio, “quando a gente ta com “urucubaca”, até o Urubu de baixo defeca no de cima”.

Por falar nisso, vou aproveitar para lançar um Concurso.

Quantos jogos você acha que o Sr. Mariano Garcia Remón, vai permanecer como Técnico do Real Madri.

Escreva para carloslopes@infonet.com.br, enviando o seu palpite.

 Só para completar, o “Juizinho” ruim.

Estou descobrindo que más arbitragens não é prerrogativa nossa.

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais