Grande festa no Congresso Brasileiro de Cronistas

0

Uma grande festa no auditório do Hotel Caiçara, marcou a abertura do 30º Congresso Brasileiro de Cronistas Esportivos, na última quarta-feira, no Hotel Caiçara em João Pessoa (PB). O evento será realizado até o próximo domingo. Este ano o Congresso da ABRACE é comemora os 30 anos da Associação Brasileira dos Cronistas Esportivos (ABRACE) e os 50 anos de fundação da Associação dos Cronistas Esportivos da Paraíba (ACEP). Na cerimônia de abertura estavam representadas, 24 das vinte e sete associações de todo o país. O secretário de Esportes e Lazer da Paraíba, Fabiano Lucena e o ex-jogador de vôlei de praia, Emanoel, que atualmente exerce o cargo de secretário Adjunto de Esportes e Lazer, além do Presidente da Assembléia Legislativa da Paraíba, Rômulo Gouveia, participaram da solenidade de abertura. Para um auditório lotado por cronistas de todo o Brasil, o presidente da ABRACE, Aderson Maia, ressaltou a importância do encontro para o fortalecimento da crônica esportiva. “Temos uma responsabilidade imensa durante estes dias. Vamos aproveitar os debates para fortalecer o trabalho da ABRACE e das nossas associações”, frisou. O Estado de Sergipe participa do evento com uma delegação altamente representativa, tendo como representante do Presidente da ACDS – o radialista Reginaldo Gouveia, além dos cronistas Roberto Silva, Givaldo Batista, Custodio Santana, Joel Batalha, Ary Resende, Carlos Alberto Garcia e Fausto Leite. A presença da delegação sergipana em João Pessoa contou com participação direta do governo do estado, através da Secretaria da Juventude e do Esporte. A programação do Congresso prosseguiu nesta quinta-feira pela manhã, quando foi realizada a primeira reunião plenária. O papel da imprensa esportiva diante do Estatuto do Torcedor foi o primeiro tema em debate. À tarde, o representante do Ministro Agnelo Queiroz, o advogado Watteau Rodrigues fez uma palestra e ouviu dos cronistas várias reivindicações, que serão levadas diretamente ao ministro Agnelo Queiroz. Cronistas de todo o Brasil foram unânimes em afirmar que o Estatuto que hora rege o torcedor, não atende as necessidades de cada região. “Quem preparou este documento, não levou em consideração as especificidades de cada estado brasileiro. Não podemos aplicar estas normas para o Acre e São Paulo, onde os clubes e o profissionalismo são bem distintos”, citou como exemplo, o Presidente da Associação dos Cronistas Esportivos da Paraíba, João Camurça. Ainda na quinta-feira o secretário de Lazer e Esportes, Fabiano Lucena, proferiu uma palestra sobre os investimentos que o Governo da Paraíba vem realizando na área esportiva. O Congresso continua nesta sexta-feira, a partir das 9 horas, quando acontece a Assembléia Geral da ABRACE, quando será escolhido o estado que vai realizar o congresso da entidade em 2005.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais