Itabaiana treina de olho no Atlético (MG)

0

Time treinou no Presidente Médici
Sob olhares curiosos e um céu muito nublado, os jogadores do Itabaiana fizeram na tarde de terça, 17, o último treino antes da partida contra o Atlético Mineiro pela Copa do Brasil. Confiante, mas com os pés no chão, o técnico Marcelo Sergipano diz que o time lutará para ao menos garantir o segundo jogo.

De acordo com ele, é bom o Galo mineiro não subir no salto alto na primeira partida do campeonato. “É bom eles se precaverem, já que todos estão motivados, inclusive o Itabaiana, que está fazendo uma boa pré-temporada”, opina. Mas para Marcelo, o tricolor da serra já é um privilegiado por

Ricardo quer parar ataque do Galo
ser participante da competição.

O goleiro Ricardo Gomes, uma das estrelas do clube sergipano, já é um conhecido do futebol mineiro e pretende surpreender alguns amigos na disputa de quarta. “Sou amigo do Elton, o zagueiro, o goleiro Juninho, e outros. Já joguei em time grande, sei como é ir jogar com time pequeno, mas tenho esperança em um bom resultado”, diz.

Além de Ricardo Gomes, o jogador Nem é uma das apostas da torcida itabaianense e do técnico Marcelo Sergipano. Ele, que é um dos maiores goleadores do Sergipão, espera não fazer

Marcelo: confiante e cauteloso
feio no jogo que terá repercussão nacional. “É um jogo difícil, mas temos tudo para fazer uma boa partida, as duas equipes tem um bom futebol”, diz.

Para a estréia na Copa do Brasil o Itabaiana não contará com Gil Bala, João Santos e Marcone, que estão no departamento médico. O treinador ainda estudará quem entra no lugar dos três e finaliza com um trocadilho. “Nenhum jogo é fácil, cada partida é como matar um leão. E esperamos que o leão dessa vez seja o Atlético”. Emerson Leão, técnico do Galo, que se cuide.

Por Glauco Vinícius

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais