Jogadores do Frei Paulistano avaliam título estadual

0
Atacante Igor vai comemorar com a torcida: gol do título (foto: Igor Matheus/ Portal Infonet)

Após o apito final que decretou o Frei Paulistano como campeão estadual de 2019, os jogadores do time de Frei Paulo partiram para a comemoração, mas tambem avaliaram a campanha. De time desacreditado e em luta contra o rebaixamento na primeira fase, o Frei encerrou o Hexagonal invicto e na liderança e faturou o título com duas vitórias convincentes sobre o tradicional Itabaiana. Capitão da equipe, Acácio destacou a trajetória dos técnicos que comandaram o clube no estadual antes de Betinho.

“Existe o trabalho do professor Edilson, mas os resultados não chegaram. E todos sabem que no futebol quando não há resultados, há mudanças, e elas são sempre no comando. O Gil Sergipano conseguiu a classificação para o Hexagonal, e nós, liberados da pressão do rebaixamento e dançando conforme a música, conforme o campeonato, tivemos a felicidade de chegar a esse momento”.

Filho do técnico Betinho e um dos destaques da equipe, o lateral-esquerdo Mateus frisou a emoção de conquistar um título ao lado de seu pai. “Momento especial, único. A gente já lutou muito para trabalhar juntos no futebol. E hoje tanto ele como eu somos merecedores: ele é tricampeão do estado e agora eu sou campeão”.

Autor do gol do título contra o Itabaiana, o atacante Igor lembrou da cobrança que estava sofrendo para balançar as redes. “A cobrança vinha também de mim mesmo. Mas meus companheiros e o técnico me passaram confiança, e logo hoje, em um momento ímpar como esse, pude fazer o gol do título. E no momento da comemoração não tive como me segurar”, disse o atleta, que, após balançar as redes, pulou a divisória de vidro e foi comemorar o gol junto com a torcida.

Por Igor Matheus

Comentários