Jogos da Primavera: Propriá será sede da Seletiva do Interior

0

O Governo do Estado, em parceria com a Secretaria de Educação, traz de volta ao calendário sergipano os Jogos da Primavera. O governador João Alves prometeu o retorno dos jogos e mais uma vez cumpre com o prometido. Depois de ser extinto há nove anos, foi relançado há um mês em solenidade na Orla de Atalaia. O governador trouxe de volta a alegria dos atletas e da família sergipana.
Segundo o secretário de Comunicação Social, Carlos Batalha, os jogos da Primavera serão abertos no mês de setembro, com a seletiva do interior, na cidade de Propriá, onde os campeões vão se somar aos representantes da capital de escolas públicas e particulares para a grande final marcada para novembro. “Esta é a nossa preocupação de ter um período de maior de preparação dos colégios públicos, pois as escolas particulares estão constantemente em atividade, além do período burocrático para licitação, compra de material esportivo, equipamento e outras coisas mais”, comentou o secretário.
O local da abertura dos jogos será oficialmente determinado, existem entidades que gostariam que o evento fosse realizado no Batistão e outras preferem em avenidas, como por exemplo a Barão de Maruim. Todos os espaços físicos dos colégios, e locais que pertencem ao Estado, adequados para as competições, serão ocupados com as diversas modalidades esportivas.
Os benefícios investidos na educação do Estado vão além de práticas esportivas. O governador diagnosticou a grande necessidade de erradicar o analfabetismo da região, adotando para tal feito o programa “Sergipe Cidadão”, designado a alfabetizar jovens e adultos, muitos deles se quer tiveram a oportunidade por toda vida de ter contato direto com um livro.
Logo no início de 2003, foi feito um levantamento onde percebeu-se uma realidade de algo em torno 320 mil analfabetos no Estado, e uma das primeiras ações da Secretaria de Educação no atual governo foi preparar e adequar toda a estrutura da educação para trabalhar essa erradicação. “Com muita satisfação observa-se que em um ano 72 mil sergipanos, cerca de 25%, foram retiradas das trevas do analfabetismo, e nos próximos dias estão sendo diplomados”, afirmou Carlos Batalha.
Nos próximos dias as 72 mil pessoas, que participaram do programa, estarão se formando. Ainda segundo o secretário a idéia inicial era uma grande festa em Aracaju com todos os diplomados, mas devido a dificuldade de locomoção dessas pessoas, já que todo o Estado foi beneficiado com o programa e existem pessoas na faixa etária de até mesmo 80 anos, foi resolvido que as diplomações ocorram na regiões sul, norte, no sertão, do agreste e na capital do Estado. Os locais escolhidos foram, além de Aracaju, Japaratuba, Glória, Propriá, Socorro e Itabaiana. Como reforço para esse programa, no próximo dia 6 de setembro será inaugurado a TV Educativa, dentro de uma reformulação da TV Aperipê, proporcionando ao cidadão educação à distância.
Dentro do pacote de reformas do governo estão sendo recuperadas escolas tanto da capital quanto do interior. O maior problema fica por conta da preservação do ambiente escolar pelos alunos. Por conta disso, até o final deste ano e início do próximo, será realizada uma campanha de conscientização de conservação dos colégios. “A escola é um prolongamento do lar, em suas casas as pessoas não quebram cadeiras e não riscam muros, então porque esse tipo de procedimento na escola, é para isso que esse trabalho de conscientização serve”, concluiu.

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais