Maradona planeja operação para emagrecer e viagem à Argentina

0

Diego Armando Maradona se prepara para viajar de novo à Argentina a passar o carnaval com suas filhas e para submeter-se a uma intervenção cirúrgica para perder peso, segundo o embaixador argentino em Cuba, Abraham Taleb. Maradona regressou a Cuba esta semana depois de sua viagem à Grécia para continuar com o tratamento pelo vício em drogas, mas não voltou ao Centro de Saúde Mental (Censam) de Havana onde estava internado, mas à clínica “La Pradera”, um centro especializado com um regime muito menos severo que o anterior. No “La Pradera”, o primeiro hospital no qual Maradona se tratou em sua primeira tentativa de superar seu vício em Cuba, em 2000, foi permitido a ele desfrutar inclusive da vida noturna em Havana. Um regime muito distinto do Censam -uma instituição dependente do Ministério do Interior de Cuba-, que não lhe permitia abandonar o recinto. “Na Pradera sente um ar mais de liberdade. Fica em uma casa muito linda, muito cálida”, disse nesta sexta-feira Taleb, em um encontro com a imprensa. O diplomata, que deixará a ilha no próximo domingo e se reuniu com Maradona nesta sexta-feira para despedir-se, assegurou que “Diego está muito bem” e que “por enquanto, fica no La Pradera” porque “está disposto a seguir o tratamento, mas não a uma permanência com tanta continuidade” (como lhe marcou o Censam). “Diego tem uma vontade inquebrantável de curar-se”, insistiu Taleb, convencido de que o “pibe” está em “um processo acelerado de recuperação, passando por um de seus melhores momentos” e tem “muita vontade de trabalhar”. Segundo o diplomata, Diego planeja viajar à Argentina em meados de fevereiro para passar o carnaval com suas filhas em Gualeguaychú, na província argentina de Entre Ríos. Além disso, o “craque” argentino prevê submeter-se a uma operação cirúrgica para perder peso utilizando uma técnica de redução de estômago muito estendida na Argentina. Maradona seria operado em Cuba, mas por um médico argentino que iria à ilha nos próximos meses, explicou Taleb.  

 


EFE


Agência Efe – Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Agência Efe S/A.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais