Matheus Costa avalia desempenho e retorno sem vitórias no Confiança

0
Matheus sobre falta de vitórias: Estamos primeiro avaliando desempenho e depois resultados (Foto: TV Dragão)

O sentimento de frustração tomou conta dos atletas e comissão técnica logo após o apito final no Estádio de Pituaçu, na noite desta quarta-feira, 29, quando o Confiança saiu derrotado por 1 a 0 pelo Bahia, pela semifinal da Copa do Nordeste. A dificuldade imposta pela equipe sergipana ao Tricolor de Aço, na partida, no entendimento da comissão técnica, mostrou que eles ainda poderiam brigar por algo mais na competição.

Para o técnico Matheus Costa, o Confiança levou o gol no momento em que estava mais firma na partida. “Foi um jogo muito equilibrado, com poucas chances criadas para ambos os lados. Talvez eles fizeram o gol no nosso melhor momento no jogo, em um lance isolado, chute de fora da área”, analisa. Apesar da derrota e não ter chegado à final, o Confiança fez história ao se classificar para fase mata-mata da competição pela primeira vez, passando por jogos difíceis contra o Sport, Santa Cruz e agora Bahia

Desde que retornou aos jogos oficiais, o Confiança ainda não sabe o que é vencer. Empatou com o Sport, pela última rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste, voltou a empatar com o Santa Cruz, pela mesma competição, se classificando nos pênaltis para a semifinal, empatou com o Sergipe pelo Campeonato Estadual e perde para o Bahia nesta última partida.

Questionado pela falta de resultados, o treinador foi enfático. “Nós tivemos jogos em sequência e com intervalo muito curto, ou seja, foi um encavalamento de jogos com grande grau de dificuldade, contra adversários de Série A. Temos que analisar esse período de duas formas: primeiro o desempenho e depois o resultado. Tivemos momentos muito bons nesses jogos, embora os resultados não vieram. Há de se considerar o longo período de inatividade, por causa da pandemia” avalia Costa.

O técnico afirmou que vai brigar pelo título do Estadual e realizar uma preparação com foco na Série B. “Até aqui mostramos uma equipe competitiva, que pode jogar de igual para igual com qualquer clube. Estamos no caminho certo. Agora é foco total no Estadual e com isso vamos nesse primeiro objetivo pós-termino a Copa do Nordeste, que é trabalhar exaustivamente visando essa conquista e a preparação para Série B”, pontua.

Por Ícaro Noves

Comentários