O retorno do Gol da Sorte

0

Na reunião que mantiveram na manhã de ontem no Palácio de Despachos, com o secretário Carlos Batalha, dirigentes do futebol sergipano solicitaram mais uma vez, o empenho pessoal do secretário, para tentar junto ao governador João Alves Filho, a implantação de alguma campanha promocional, nos moldes do “Gol da Sorte”, para ajudar aos clubes profissionais do futebol sergipano.

O secretário garantiu que levaria a reivindicação dos desportistas sergipanos ao governador João Alves Filho e disse ainda que com certeza, ele seria sensível à solicitação dos dirigentes e encontraria uma forma de ajudar aos clubes sergipanos, promovendo quem sabe, o retorno da campanha do “Gol da Sorte”, que foi implantada no segundo mandato de João Alves Filho, mas que de uma hora para outra foi abandonado pelos governantes, deixando os clubes sergipanos em situação das mais complicadas.

Ao justificar o seu pedido, o presidente Carivaldo de Souza lembrou que foi no governo do próprio João Alves Filho, que os clubes sergipanos viveram os melhores dias, com estádios cheios, rendas excelentes fruto do sucesso do Gol da Sorte. “Nós implantamos um projeto, que passou a ser copiado e sucesso em todo o Brasil e hoje, Sergipe é um dos poucos estados da federação que não dispõe da sua campanha promocional com base na apresentação da Nota Fiscal”, lamentou Carivaldo.

Para citar alguns poucos exemplos, campanhas de troca das notas fiscais existem e apresentam grandes resultados no estados da Bahia, Pernambuco, Maranhão, Ceará, Rio Grande do Norte e Pará entre outros. Por último, foi lançado com grande sucesso no Rio de Janeiro, pela governadora Rosinha Garotinho, que com esse projeto passou a ser destaque no noticiário internacional, divulgando-se equivocadamente, que a campanha do Rio de Janeiro era cópia de uma promoção, lançada pelo Estado de Pernambuco, quando se sabe que Sergipe foi o pioneiro sendo inclusive, homenageado pela CBF.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais