Ponte volta a vencer e sobe na tabela

0

Caxias do Sul (RS) – Depois de ficar cinco jogos sem vencer, a Ponte Preta visitou o Juventude, neste domingo, no estádio Alfredo Jaconi, e voltou a conquistar três pontos. Válida pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro, a partida acabou em 2 a 1 para a equipe campineira.

A Ponte saiu na frente com o meio-campista Danilo, aos 19 minutos do primeiro tempo. Os donos da casa chegaram a empatar, aos 31 da etapa final, com Sandrinho, mas Romeu, aos 36, decretou o placar final.

Com o resultado, a Macaca chegou aos 49 pontos e subiu para a sexta colocação. Já o Juventude, com os mesmos 49, ficou para trás por ter uma vitória a menos. Tendo conquistado apenas um ponto nas últimas quatro partidas, o Papo caiu para sétimo.

O jogo – A partida começou equilibrada, mas era o Juventude que criava as chances mais claras de gol. Logo aos seis minutos, Róbson recebeu sozinho, cara a cara com Lauro, mas chutou em cima do goleiro pontepretano.

O primeiro lance de destaque dos visitantes aconteceu aos 13 minutos, quando Bill encarou a marcação de Índio, mas bateu fraco, para defesa tranqüila de Martini. A resposta veio mais uma vez com Róbson, que voltou a receber em boa condição para marcar, mas foi travado pelo zagueiro Alexandre.

Aos 19, o castigo. Depois de linda troca de passes, que envolveu quatro jogadores da Ponte, Danilo recebeu de Luciano Baiano e bateu de primeira, no canto direito do gol do Juventude. O placar estava aberto no Alfredo Jaconi.

O gol animou a equipe campineira, que partiu para cima em busca do segundo. Lindomar esteve perto de ampliar em duas ocasiões, mas esbarrou em boas intervenções de Martini. Em uma dessas chances, a zaga do Papo teve que completar o serviço do camisa um para que o rebote não ficasse com um adversário.

Percebendo a equipe perdida em campo, o técnico Ivo Wortmann resolveu mexer ainda no primeiro tempo e, aos 34, colocou Clodoaldo no lugar de Zé Rodolpho. Foi o último acontecimento de destaque na etapa.

No intervalo, Wortmann fez mais uma alteração: Neto saiu para a entrada de Reinaldo Aleluia. A troca deu certo e os donos da casa começaram a etapa final assustando. Aos sete minutos, Da Silva limpou a marcação e bateu por cima. Pouco depois, Lopes cruzou para Índio, que finalizou para fora.

A resposta veio com Roger, que recebeu na área e obrigou Martini a fazer boa defesa. A partir dos 15 minutos, os técnicos voltaram a mexer em seus times. Na Ponte, Alexandre e Lindomar deram lugar a Rafael Santos e Ricardo Conceição. No Juventude, Sandrinho entrou na vaga de Róbson.

E foi dos pés de Sandrinho que saiu o gol de empate. Aos 31, ele aproveitou confusão depois de cobrança de escanteio para empurrar para o fundo das redes de Lauro.

No entanto, os gaúchos mal tiveram tempo para comemorar. Cinco minutos depois, Romeu arriscou de longe para dar números finais à partida. Depois do gol, Martini ainda teve que fazer uma boa defesa para impedir que a Macaca ampliasse. Final: Ponte 2 a 1.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais