Programa Segundo Tempo é renovado por mais seis meses

0
Devido à boa gestão, programa Segundo Tempo é prorrogado por mais 6 meses

 (Foto: divulgação)

A Prefeitura Municipal de Aracaju soma mais uma conquista à sua atual gestão, a renovação do programa Segundo Tempo. Após 18 meses de funcionamento atendendo a 2.800 crianças, o Ministério do Esporte decide prorrogar por mais seis meses o benefício para os estudantes da Rede Municipal de Ensino. A gestão do programa é vinculada a Secretaria Municipal de Juventude e Esporte (Sejesp).

O Segundo Tempo é um programa que busca integrar o jovem à prática esportiva, atividades recreativas e culturais oferecendo ações no contra turno escolar, promovendo uma maior qualidade de vida, principalmente junto àqueles que apresentem alguma forma de vulnerabilidade social.  Além disso, os estudantes têm lanche, materiais esportivos de alta qualidade e professores capacitados.

Em Aracaju, o Segundo Tempo funciona em 28 núcleos, contando com 28 monitores e atendendo cerca 2.800 de crianças. Para Kelly Silva, Coordenadora do Programa, a prorrogação do programa foi conseqüência do trabalho executado. “Foi fruto de uma boa gestão dos recursos e esse prolongamento com certeza só tem a beneficiar mais as crianças”, fala.

E ela continua. “Muitas mães vieram perguntar ‘e agora, o que meu filho vai fazer se o programa terminar?’ É algo que já está presente no cotidiano dessas famílias. Nós ,a partir de agora, já entraremos num processo de análise dos pontos positivos e negativos que surgiram nesse primeiro momento, para melhorar cada vez mais e aprimorar nossa atuação”, comenta Kelly.

A notícia também deixou o secretário da Juventude e Esporte bastante satisfeito. “Este programa vem promovendo uma revolução nos estudantes beneficiados, porque além de saírem da ociosidade, podem praticar esportes e ter conhecimentos culturais dentro do programa. Neste ano pudemos levar centenas de estudantes para passeios no Parque da Sementeira e também conhecer as riquezas de nossa terra, como é o Museu”, destacou Carlos Eloy.

Fonte: Sejesp

Comentários