Reta final empolgante no sergipão 2005

0

Com a vitória do Itabaiana e o empate do Sergipe neste domingo dia quinze de maio, o campeonato sergipano ganha nova motivação. Agora com o mesmo número de pontos e faltando apenas três rodadas para o encerramento da competição, tricolores e rubros disputam “palmo a palmo” a conquista do título. Por outro lado, a equipe do Lagartense ainda sonha com o “caneco” ou pelo menos com o vice-campeonato, o que lhe dará o direito de participar do Campeonato Brasileiro da Terceira Divisão desta temporada e da Copa do Brasil no ano que vem. Para tanto, o time esmeraldino tem que vencer o Sergipe no próximo domingo no Estádio Lourival Batista e torcer por um tropeço do Itabaiana contra o América de Propriá.

 

Em relação ao jogo Confiança x Itabaiana, o que vimos foi um primeiro tempo morno, resumindo-se a apenas um belo chute de Matheus aos vinte e quatro minutos, forçando o goleiro Fábio a realizar uma grande defesa. O segundo tempo começou, e com a substituição feita pelo Treinador Freitas o Itabaiana subiu de produção, dando uma nova conotação à partida. A entrada de jonathas deu maior poder ofensivo ao time tricolor que só fez crescer no jogo. Usando a velocidade do atacante Matheus, o Técnico do Itabaiana armou um esquema de marcação que permitia sua equipe roubar a bola do adversário na intermediária, e sair forte para o contra-ataque, numa dessas jogadas, aos doze minutos Matheus partiu pela esquerda, lançou Jonathas que chutou no travessão, e na volta, Nem só encostou para o fundo das redes decretando assim, o gol da vitória tricolor. O Itabaiana ainda teve ao seu favor um pênalti que Nem desperdiçou, ficando o placar final do jogo Confiança 0 x 1 Itabaiana.

 

Agora só resta o torcedor apoiar as últimas rodadas do campeonato, participando efetivamente dos jogos das suas equipes. Torcendo, vibrando e proporcionando aquele colorido especial nos estádios, passando ao mesmo tempo, incentivo e calor humano para que os atletas dentro de campo possam desempenhar o seu verdadeiro papel.

 

É só acreditar.

 

Por: Raniel de Jesus Pereira

 

 

 
 
 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais