Santos recusa US$ 8 milhões por Elano

0

O assédio aos jogadores do Santos não pára. Mesmo com contratos assinados, Elano e Léo foram alvos, nesta semana, de propostas de clubes do exterior.

O LANCE! apurou que o meia recebeu oferta de US$ 8 milhões (cerca de R$ 21,5 milhões) do Shakhtar Donetsk (Ucrânia). A diretoria recusou. O lateral recebeu proposta para jogar no Celta de Vigo (Espanha).

– Dissemos a eles que o Léo acabou de assinar contrato com o Santos e vai se apresentar amanhã (hoje) – disse o procurador do camisa 3, Iko Martins, lembrando que o assunto pode voltar a ser discutido em junho.

Léo renovou por um ano, mas pode ser liberado daqui a seis meses, se receber proposta da Europa.

O caso de Elano foi o que mais se arrastou. Os ucranianos foram subindo o valor a ser pago no decorrer das negociações, até chegar nos US$ 8 milhões. Na última terça-feira, o presidente Marcelo Teixeira decidiu: a resposta foi um sonoro “não”.

Para comunicar o fato, chamou Elano à sua sala, no segundo andar da Vila Belmiro. Disse que Oswaldo de Oliveira esperava contar com ele para a Copa Libertadores e que era parte importante do elenco. O coringa aceitou a decisão do cartola.

Não tinha outro jeito. O contrato do camisa 11 com o Peixe termina apenas no final de 2006. Qualquer negociação depende do aval do Santos. A história foi confirmada à reportagem por uma pessoa ligada ao meia e um diretor do clube. O procurador, José Massih, não foi encontrado para comentar o assunto até o fechamento desta edição.

O Atlético de Madrid (Espanha) já havia manifestado a intenção de ter Elano a partir de janeiro, mas não chegou nem perto dos US$ 8 milhões oferecidos pelo Shakhtar Donetsk.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais