Surfista sergipano participará de campeonato nacional

0
Robson Fraga irá participar de campeonato nacional de surf (Fotos: Divulgação)

O surfista Robson Fraga está muito perto de conquistar o Campeonato Brasileiro e o bicampeonato alagoano de longboard, na categoria Aberta. De 14 a 16 de setembro, o superatleta vai disputar a última etapa da competição nacional na Praia do Cupe, em Recife, e terá a chance de conseguir o título nacional. Nos dias 22 e 23 do mesmo mês, Fraga poderá conquistar o bicampeonato estadual em Alagoas.

“Tudo isso é motivo de orgulho para mim, porque moro num estado que não tem muita ascensão no surf e eu consigo participar e mostrar que sou bom. Os únicos anos, que não fiquei entre os três primeiros em campeonatos brasileiros, foram 2004 e 2011, devido à falta de patrocínio”, explicou o surfista.

Robson informou que, atualmente, está na 11ª colocação no ranking nacional e compete ao lado de grandes nomes do surf, como Picuruta Salazar, que já foi três vezes vice-campeão mundial. “É mais uma prova que tenho condições de disputar um Campeonato Mundial. Para 2013, esse é um dos meus objetivos”, destacou, enfatizando que também almeja a bolsa na categoria Prata.   

Secretário Antônio Hora

Segundo o secretário Antônio Hora, Robson é o atleta bolsista do surf, uma modalidade que tem muitas coisas boas agregadas à saúde.  “Normalmente, surfistas não consomem bebidas alcoólicas, cuidam bem do corpo e têm uma alimentação saudável”, disse.

“O surf não é só uma modalidade, mas também uma filosofia de vida que deve ser propagada entre os nossos jovens da comunidade, para que a gente possa realmente favorecer a qualidade de vida da população”, ressaltou o secretário.

Para ele, Aracaju que já é a cidade da qualidade de vida, precisa patrocinar e incentivar atletas como o Robson, que é campeão sergipano, alagoano e também já foi campeão baiano. “E essa performance do Robson nos dá a certeza de que dentro de pouco tempo, ele estará representando o país em campeonatos mundiais”, finalizou o secretário, explicando que a ascensão dele é incontrolável.

Fonte: Semel

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais