Técnico Ferreira arruma time para enfrentar o Bahia no domingo

0

O técnico do Confiança, Ferreira, deve promover a estréia do zagueiro Rodrigo para o jogo contra o Bahia, no próximo domingo, no estádio da Fonte Nova, em Salvador, pela última rodada da primeira fase do grupo 7 da Série C do Campeonato Brasileiro. O novo reforço proletário será o substituto de Leonardo, que foi apenado com o terceiro cartão amarelo. O meio-campista reserva Cibi foi expulso contra o América e também cumpre suspensão.

Ferreira comandou o primeiro coletivo da semana, no Batistão, onde deixou transparecer que Rodrigo será o substituto de Leonardo. Nas demais posições, ele deve mandar a campo a mesma equipe que derrotou o América por 3 a 0. O time atuou com: Fábio, Tito, Bira, Carlos André, Rodrigo e Daniel; Lima, Rafael e Guga; Nino e Rogério.

O lateral-esquerdo Daniel volta ao Dragão depois de cumprir suspensão. O jogador espera fazer uma grande exibição e quem sabe sair da Fonte Nova com os três pontos e o primeiro lugar do grupo.

O recém-contratado Gil afirmou que está à disposição do treinador e pronto para jogar. “Espero contribuir com a minha experiência para ajudar o Confiança a conquistar a vitória”, disse o meio-campista, ressaltando que conhece vários atletas do atual elenco proletário, o que vai facilitar o seu trabalho no grupo.

Gil ressaltou que uma das suas características é se aproximar dos atacantes para que eles possam fazer os gols. O meio-campista revelou que gosta de cobrar faltas e de vez enquanto costuma balançar as redes adversárias.

Ferreira está preocupado com três jogadores pendurados com o terceiro cartão amarelo. São eles: o lateral-direito Tito, o zagueiro Carlos André e o meio-campo Rafael. Quem for apenado, ficará de fora da primeira rodada da segunda fase da Série C.

Bahia

Apesar de estar em primeiro no grupo 07 do Brasileirão Série C, o Bahia não tem acertado o pé. A exceção do último jogo contra o ASA, no qual o tricolor aplicou uma goleada de 4 a 0, o time tem ganhado com dificuldades em acertar o gol. Nas partidas do tricolor nesse segundo semestre até o atacante Nonato perdeu gols inquestionavelmente feitos por ele em outras épocas.

Talvez seja este o motivo do técnico Arthurzinho estar trabalhando intensivamente desde a última semana finalizações, com variações de chutes, de curta, média e longa distância. E quem pensa que apenas os atacantes estão sendo exigidos engana-se. Nesta tarde de ontem, a defesa tricolor fez um trabalho visando os contra-ataques. Tirar a bola dos atacantes adversários e sair jogando, proporcionando ao restante do time uma boa finalização, tem sido um treinamento freqüente da zaga do Bahia.

 

 


 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais