Torcedores sergipanos avaliam novo Batistão

0
(fotos: Igor Matheus/ Portal Infonet)

O Batistão voltou a ser o templo do futebol local. Disponível ao público, o estádio causou boas impressões, mas também despertou algumas ressalvas. Na estreia do Confiança na Copa do Nordeste, o Portal infonet ouviu alguns torcedores sobre as renovações. E no cômputo geral, os espectadores estrutura do estádio, mas não gostaram da organização interna das vendas.

Para o pescador José Luís Alves, estava tudo ótimo. “Gostei da iluminação e do gramado. Acho que até agora a melhor reforma deve ter sido essa”. Já o técnico em patologia clínica José Teles tambem mostrou que gostou da reforma, mas apontou erros.

“O estádio em si ficou fantástico. O problema mesmo é o serviço de venda de bebidas no intervalo do jogo. Não tem condições. Os vendedores precisam de um espaço adequado para que todos fiquem à vontade. Não tem nada de padrão FIFA nisso aqui”, diz.

José Teles: na bronca

Ainda para ele, a reforma também foi tímida em relação às coberturas da praça de esportes. “Na verdade, acho que todo estádio deveria ser completamente coberto. Há partes na região das cadeiras que vão sofrer com a falta de cobertura, o que vai prejudicar o material”, indica.

O empresário Edson Gois, por sua vez, também gostou da estrutura do Batistão, mas tambem ficou na bronca com os serviços. “O estádio está do jeito que esperávamos. Mas a venda de bebidas e lanches está muito desorganizada. É preciso corrigir isso ainda”.

Comentários