Candidato a deputado é preso em Lagarto

0

Todos os presos foram encaminhados a Polícia Federal (Foto: Portal Infonet)
Na tarde deste domingo, 3, o delegado da Polícia Federal Alexsander Frederich Moreira falou sobre os trabalhos da polícia durante a realização do pleito. De acordo com o delegado desde o dia 28 que as equipes da PF estão nas ruas verificando denúncias relacionadas à compra de votos.  Alexsander Frederich ressaltou que todas as denúncias que chegam estão sendo checadas.

Sobre a busca e apreensão realizada na sede do Partido Social Cristão (PSC), o delegado disse que foi um desdobramento da operação realizada em São Cristovão quando um homem foi preso suspeito de pagar combustível para eleitores. “Os mandados foram expedidos para colher mais provas do primeiro flagrante que aconteceu em um posto de combustível de São Cristovão, por isso foi feito a busca e apreensão no comitê de Eduardo Amorim onde apreendemos talonários de notas de combustível”, afirmou o delegado que disse que o caso está sendo investigado.

Prisão

O delegado destacou que no município de Lagarto foram efetuadas duas prisões. Segundo Alexsander Frederich um dos presos seria candidato a deputado estadual. O candidato foi identificado como Erick Frank dos Santos. Além do candidato outra pessoa também foi presa suspeita de compra de votos.

Cobertura

Clique aqui e acompanhe a cobertura completa das eleições federais através do Portal Infonet. A equipe de jornalismo está disponibilizando notícias minuto a minuto e a partir das 17h30, o internauta poderá conferir, em tempo real, a apuração dos votos de todo o Estado e no iDivulga, aplicativo para iPhones e iPods, o resultado de todos os Estados do Brasil.

Por Kátia Susanna

Comentários