Clima continua quente no Bugio

0

Policiais tentam manter a ordem no local (Fotos: Portal Infonet)
O clima esquentou no final da tarde deste domingo, 3, em frente à Escola Francisco Rosa, no conjunto Bugio, quando eleitores se aglomeraram na Av. Poço do Mero. A juíza Aidil Teixeira foi acionada pelo juiz eleitoral Anselmo Oliveira, que recebeu denúncias da distribuição de santinhos e de manifestações na porta da escola. A polícia militar também foi foi chamada e em poucos instantes chegaram várias viaturas e motocicletas.

“O que está acontecendo aqui é uma falta de respeito. O pessoal está com bandeiras, gritando e até mesmo jogando pedras nos veículos que passam na avenida e isso nós não vamos permitir. Como é muita gente, pedi reforço à Polícia de Choque e ao Getam”, informa a tenente Aracy, responsável

Polciais tentam conter os ânimos
pelo comando da capital da PM.

De acordo com a juíza Aidil Teixeira, já são mais de uma mil pessoas na porta da Escola Francisco Rosa. “O povo está se animando, mas precisa entender que deve respeitar. Formou-se uma aglomeração aqui na frente e as denúncias são de que fizeram até mesmo carreata. Fui acionada pelo juiz José Anselmo após denúncia em uma emissora de rádio e acionei a polícia cujo atendimento foi imediato”, ressalta a juíza.

Apreensão

Todo o material apreendido a exemplo de santinhos e bandeiras

Tenente Aracai pede reforço
será encaminhado ao Quartel da Polícia. A notícia de que uma mulher foi detida por passar na porta do estabelecimento de ensino empurrando um carrinho de bebês com adesivos de candidatos não foi confirmada.

“Por favor doutora, me devolva minha bandeira. Eu vou ficar quieta”, implorava uma das mulheres que teve o material apreendido. “Não, você perdeu. Você veio aqui pra porta da escola e não é permitido, seja de qualquer partido”, respondia a juíza.

Comum

Juiza Aidil Teixeira: “São mais de mil pessoas”
Um dos moradores do conjunto Bugio, Laércio de Souza, contou que todas as eleições as pessoas costumam lotar a avenida Poço do Mero. “Já é normal essa festa. Não precisava chamar tantos policiais. Já são mais de 15 viaturas o que está aumentando o tumulto”, lamenta.

“Isso tudo é por culpa dos governantes que já sabem que todo ano é assim e não reforçam o policiamento. Depois chamam os policiais e chegam um monte de uma só vez, com carros e motos em alta velocidade. Liberaram a Lei Seca e com isso, as bebidas e as badernas”, acredita.

Cobertura

José Almeida: “Governantes liberaram a Lei Seca e a baderna”

 

Clique aqui e acompanhe a cobertura completa das eleições federais através do Portal Infonet
. A equipe de jornalismo está disponibilizando notícias minuto a minuto e a partir das 17h30, o internauta poderá conferir, em tempo real, a apuração dos votos de todo o Estado e no iDivulga, aplicativo para iPhones e iPods, o resultado de todos os Estados do Brasil.

Por Aldaci de Souza

 

 

 

 

Comentários