DEM começa a preparar jovens para as eleições de 2014

0
Sartori realiza dinâmica de grupo para preparar jovens para a política partidária (Fotos: Cássia Santana/Portal Infonet)

O DEM já está preparando a juventude para as próximas eleições, que ocorrerão em 2014, quando serão escolhidos presidente, governadores, deputados e senadores, e para também o pleito de 2016 na escolha de prefeitos e vereadores. O partido já começou uma mobilização nacional com a realização do Seminário de Inovação e Liderança Política Liberal, que será realizado durante este ano em todas as capitais do país.

Em Aracaju, o encontro está acontecendo neste sábado, 20, com a participação do professor Henrique Sartori de Almeida Prado, doutorando em ciência política, que está realizando trabalho de dinâmica de grupo com dezenas de jovens em um hotel, na Farolândia, que conta também com participação de alguns vereadores eleitos no ano passado em municípios sergipanos.

Para este evento, estava prevista a participação do presidente da Juventude Nacional do DEM, Hugo Neto, mas, por motivos de ordem pessoal, ele não compareceu. Evento semelhante já foi realizado em Natal, capital do Rio Grande do Norte, no mês passado e, no próximo mês, o seminário deve ocorrer em Goiânia, no Estado de Goiás.

Luciano Filho: bom cenário para o DEM

“Estamos trabalhando em todo o país, um trabalho silencioso e inovador preparando os jovens para as futuras eleições, vislumbrando novas candidaturas para fortalecer o partido”, conceitua o vice-presidente da Juventude Nacional do DEM, Luciano Filho. A liderança da ala jovem do partido reconhece a “boa aceitação” do governo da presidente Dilma Rousseff, mas explica que o DEM está se mobilizando para enfrentá-la em 2014. “Não existe eleição ganha, existe uma inflação no país e tem que trabalhar com dedicação e o DEM está trabalhando para isso”, observa.

O presidente Luciano Filho acredita que o DEM aglutinará apoio suficiente para emplacar candidatura própria para disputar a Presidência do Brasil, em 2014. Ele, particularmente, aponta pelo menos dois nomes com grande chance de vitória: Onyx Lorenzoni, deputado federal pelo Rio Grande do Sul, e Agripano Maia, senador pelo Estado do Rio Grande do Norte e presidente nacional do DEM. “Mas tudo é uma questão alheia à vontade do partido, depende de uma série de fatores, das alianças… depende muito do cenário político”, considera o líder da ala jovem do partido.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais