Adiamento de inauguração de maternidade repercute na Alese

0
Georgeo Passos quer que Comissão de Saúde da Alese visite a obra da  maternidade
(Foto: Jadilson Simões)

Foi publicado no Diário Oficial de Sergipe nesta quarta-feira, 11, um termo de apostilamento, que é a formalização de alterações contratuais, entre a Secretaria de Estado da Saúde (SES) e a Empresa Brasileira de Prestação de Serviço Eireli (Embrapes). A SES pede o remanejamento do quadro de funcionários tendo em vista não ter data para inauguração da maternidade Hildete Falcão.

A publicação causou repercussão na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese). O líder da oposição, Georgeo Passos (Rede), pediu a presidente da Comissão de Saúde da Casa Legislativa, deputada Janier Mota (PR), que seja agendada uma vistoria a maternidade para verificar o andamento da obra.

“Temos notícia, inclusive já foram feitas matérias pela imprensa sergipana, de que as obras da maternidade estão em fase final ou até mesmo já tenha sido concluída, por isso, queremos uma visita a maternidade para verificar se de fato as obras estão finalizadas, e posteriormente cobrar da SES o motivo pelo qual estão postergando a inauguração da maternidade”, explica Georgeo.

O parlamentar lembra que as maternidades do interior do estado apresentam problemas constantes com fechamento de plantões, e isso acaba sobrecarregando as maternidades da capital. “ Em Capela a maternidade está quase fechada com o atendimento bastante precário. A de Propriá e Estância não conseguem manter todos os plantões abertos por falta de profissionais nas escalas, então, a maternidade Hildete Falcão ajudaria muito a desafogar a Santa Isabel e a Nossa Senhora de Lourdes. As parturientes precisam desse espaço, e precisamos entender porque o Governo não coloca essa unidade para funcionar”, ressalta.

Segundo Georgeo, a maternidade Hildete Falcão dispõe de 44 leitos de maternidade, quatro salas de cirurgias, 10 Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) neonatal, cinco leitos de semi-uti, além de um novo banco de leite.

SES

O Portal Infonet entrou em contato com a SES, mas até a publicação dessa matéria as informações solicitadas não foram enviadas. O Portal Infonet está à disposição através do e-mail jornalismo@infonet.com.br ou através do telefone (79) 2106-8000.

por Karla Pinheiro

Comentários