Deputado diz que governo nomeou 1.122 na Casa Civil

0

O deputado Augusto Bezerra (Foto:Arquivo Portal Infonet)
O vice-líder da bancada de oposição na Assembléia Legislativa, deputado estadual Augusto Bezerra (DEM), ocupou a tribuna na final da tarde da última terça-feira, 15, para denunciar que o governo do Estado, apenas nos anos de 2008 e 2009, nomeou 1122 pessoas na Casa Civil, um órgão de assessoramento do governo que funciona em um prédio onde, segundo o democrata, existem apenas 32 birôs.

“O líder do governo disse aqui na tribuna que o governo anterior era indecente. Mas decente é o governo dele que já mudou seis datas para fazer a inauguração da ponte Moqueiro/Caueira, que não fica pronta nem em dezembro e nem em janeiro. Agora o governo decente tem que explicar os papéis relevantes, por exemplo, de Gilton Garcia e seus filhos na estrutura administrativa. Assim como do ex-prefeito da Barra dos Coqueiros, Airton Martins (PT). Eles estão na Casa Civil”, informou o democrata, e completou.

“Outro que tem um papel relevante no órgão é o ex-prefeito de Areia Branca, Ascendino Souza (PSB); outra é a ex-prefeita de Tobias Barreto, Marly Barreto (PMDB); e nem falo do Padre Gerard (PT – ex-prefeito de Japaratuba) e de José Renato (PMDB – ex-prefeito de Propriá). Todos ganharam cargos de comissão depois que perderam as eleições em seus respectivos municípios. Esse é o governo decente”, provocou.

O deputado da oposição disse que inicialmente estava equivocado quanto ao número de nomeações. “E olhe que eu vim aqui para dizer que tinha uma relação com 750 nomeações na Casa Civil esse ano. Confesso que me equivoquei, porque na verdade são 1122. Isso em um prédio que tem 32 birôs. Se fizerem uma chamada de convocação para essas pessoas trabalharem, a fila vai tomar conta de toda a Avenida Adélia Franco”, denunciou.

Com Informações da Agência Alese

Comentários