Deputados estaduais retomam trabalho

0

Mesa diretora da Assembleia Legislativa
Com a promessa de modernização do Poder Legislativo e de maior aproximação do povo, o presidente da Assembléia Legislativa (AL), Ulisses Andrade, deu início a mais um ano de trabalho no Legislativo Estadual. A sessão de abertura, ocorrida na tarde desta segunda-feira, 16, contou com a presença de vários secretários de Estado e do chefe da Casa Civil, Oliveira Júnior, que representou o governador Marcelo Déda.

Durante discurso de posse da mesa diretora, que foi reeleita por mais dois anos, Ulisses Andrade ressaltou o trabalho desenvolvido no primeiro biênio de sua gestão, com destaque para a readequação das despesas do órgão. Ele ainda falou sobre a possibilidade de liberação do sinal da TV Alese para a TV aberta. Para Andrade, a abertura “se traduz na maior transparência das ações dos deputados estaduais”.

Deputados presentes na sessão (Foto: Portal Infonet)
O chefe da Casa Civil, Oliveira Júnior, leu discurso do governador do Estado, que tratou das principais ações desenvolvidas nos dois primeiros anos de mandato e anunciou os novos projetos para este ano e para 2010. No discurso, Marcelo Déda chamou a atenção para a crise econômica e ressaltou as medidas que estão sendo tomadas para amenizar seus efeitos e dar andamento aos projetos do Governo.

Oposição X Situação

O ano legislativo promete ser de muitos embates entre a base governista e a bancada de oposição na Assembléia Legislativa. O líder da situação, Francisco Gualberto, afirmou que por conta da proximidade das próximas eleições, “espera-se que haja um maior acirramento das cobranças dos deputados de oposição”. Mas, segundo ele, a bancada governista está pronta para o debate, pois “o Governo do Estado está desenvolvendo uma série de projetos que servirão de argumento contra a oposição”.

O deputado de oposição Venâncio Fonseca afirma que o atual Governo é bom de discurso, mas na prática não apresenta resultados satisfatórios. Para ele, o ano será muito bom para “acirrar o debate, criticar a falta de ações do Governo e cobrar o cumprimento das promessas de Marcelo Déda”.


Por Valter Lima

Comentários