Estudantes podem ter acompanhamento psiquiátrico

0
Propositura é de autoria da senadora Maria do Carmo (Foto: Divulgação)

Está na pauta da Comissão de Assuntos Sociais (CAS), Projeto de Lei de autoria da senadora Maria do Carmo Alves (DEM) que obriga a instituição responsável pelo programa de residência médica a oferecer assistência psiquiátrica e psicológica gratuita aos residentes. A iniciativa, também, alcança os estudantes de medicina de modo geral.

“A nossa propositura, que reputo de grande importância, já tem parecer favorável da senadora Lídice da Mata”, disse Maria, observando que o seu projeto visa assegurar a assistência emocional e psicológica para esses estudantes que, “desde o processo de seleção para ingresso na faculdade passam por altos níveis de estresse”. Para ela, a pressão psicológica começa ainda no ensino médio, considerando que o curso de medicina continua sendo o mais concorrido de todos os vestibulares.

De acordo com Maria do Carmo, quando entram na faculdade os estudantes vivenciam alto grau de responsabilidade, rigor acadêmico, estresse e privação de sono que favorecem doenças psíquicas como ansiedade e depressão. A senadora destacou, ainda, o fácil acesso a medicamentos como um dos fatores agravantes.

Em seu relatório, a senadora Lídice mostrou que um estudo com 1.350 estudantes de medicina, de 22 escolas do país, revelou que 41% dos estudantes apresentaram sintomas depressivos e 81,7% apresentaram estado de ansiedade. Outros sintomas frequentemente relatados no estudo foram cansaço, irritabilidade e distúrbios do sono.

Pela proposta, o atendimento psicológico pode ser prestado por estudantes de psicologia e de medicina sob supervisão de profissionais. “Estamos na expectativa da sua aprovação, pois entendemos ser extremamente importante para esses estudantes uma iniciativa dessa natureza”, destacou a senadora por Sergipe.

Fonte: assessoria da senadora

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais