Eventual saída da Petrobras pode tirar mil empregos diretos em SE

0

Em mais um espaço de debate dentro da Assembleia Legislativa de Sergipe, desta vez com a presença de membros do Sindicato Unificado dos Trabalhadores Petroleiros (Sindipetro-SE/AL), deputados voltaram a discutir os caminhos para reverter uma eventual saída da Petrobras de Sergipe, com a possibilidade de fechamento da sua principal sede administrativa, localizada na Rua Acre, em Aracaju. A saída é especulada desde o processo de hibernação da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen), no início deste ano, em Laranjeiras. Desde então, membros do Sindipetro têm dito que funcionários de Sergipe estão sendo comunicados, verbalmente, para que procurem outros campos de operação, na região Sul do país, para que a transferência seja feita. Caso a sede administrativa seja fechada, cerca de 1.200 empregos diretos podem evadir da economia sergipana, conforme o Sindipetro.

Confira a reportagem completa no vídeo:

Petrobras

Em nota encaminhada ao Portal Infonet tratando sobre o assunto, nesta semana, a Petrobras lembrou que a decisão liminar que impedia a hibernação da (Fafen-SE) foi reconsiderada no dia 25 de julho deste ano. Já a respeito do eventual fechamento da sede, em Sergipe, a Empresa comunicou em nota:

“A Petrobras avalia oportunidades de redução de custos em todos os seus processos e atividades, incluindo a ocupação predial. Esse movimento não é pontual em uma região específica; ele é contínuo e faz parte de uma gestão responsável dos recursos.

Esse ano, por exemplo, já foi desocupado o Edisp, em São Paulo, contratadas novas instalações e realocadas algumas equipes, gerando uma economia anual de cerca de R$ 20 milhões para a companhia. Com o mesmo intuito, estão sendo desocupados o Edifício Ventura, no Centro do Rio de Janeiro, e o Edifício Novo Cavaleiros, em Macaé. Estão em andamento estudos sobre outras instalações, de forma a adequar a ocupação dos espaços à estratégia de negócio da Petrobras.

A mobilidade de pessoas entre prédios ou mesmo entre diferentes unidades ou áreas de atuação é natural nas empresas. Alguns processos podem ser centralizados; para outros, a solução pode ser utilizar espaços disponíveis em instalações próximas ou mesmo contratar novas instalações, mais otimizadas e menos onerosas, como ocorreu em São Paulo. ”

A matéria foi atualizada às 08h29 do dia 27/09/2019 para correção da localização da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen)
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais