Goretti não volta atrás e continua na oposição a Déda

0

Deputada Goretti Reis (Foto: Portal Infonet)

Nem mesmo as mensagens utilizadas pelo ex-deputado federal Sérgio Reis no Twitter e no Facebook, fizeram a tia e deputada estadual Goretti Reis (DEM) mudar de ideia, quanto à continuidade na oposição. “Continuo na oposição, não tem nenhuma possibilidade de estarmos fazendo composição com o Governo justamente por respeito ao nosso eleitor, à sociedade que quer postura e atitudes de credibilidade por parte dos políticos”, ressalta.

Ela justificou ter passado todo o tempo fazendo oposição ao Governo Marcelo Déda (PT). “Pra mim seria uma agressão muito grande, enquanto pessoa, enquanto mulher, enquanto parlamentar e profissional, ir de encontro aos meus princípios morais. Passei o tempo todo fazendo oposição nessa casa e agora mudar o meu discurso, eu não me vejo dessa forma”, destaca Goretti Reis.

A parlamentar enfatizou o estímulo ao eleitor. “A gente precisa estimular o eleitora ir às urnas, buscar escolhas de nomes e não de partidos, porque hoje a gente está vendo que a questão é de ideologia e a gente cada dia mais se decepciona”, diz.

Para a deputada Goretti Reis, a população de um modo geral está avaliando a postura individual dos políticos. “Infelizmente algumas siglas passam a ser partidos de alugueis, onde a gente está por uma conjuntura de facilidade de estar ou não dentro de um contexto de ocupar um cargo. É preciso voltar a ter avaliação de condutas de cada um para que a gente ganha essa credibilidade das ideologias partidárias, que isso é realmente importante dentro da política”, entende.

Agressões

Sobre as agressões postadas na rede social pelo próprio sobrinho Sérgio Reis, Goretti foi enfática: “É uma coisa que a gente não pode omitir porque está publicisado em todas as redes sociais, foi um momento de imaturidade, de raiva, de imaturidade, talvez. Tem momentos de raiva que a gente pode respirar fundo, pensar, ver as conseqüências, pois a palavra externada não volta atrás e a gente tem que pensar no que diz para não estar magoando nem ferir as pessoas”, aconselha.

Ela acrescentou que não estava havendo qualquer atrito com o sobrinho. “Somos família. Não tínhamos nenhum atrito familiar, sempre convivemos muito pacificamente, sempre respeitando a opinião de um e de outro. Sempre foi assim, desde o momento da campanha, você lembra que nós estávamos em um palanque e eles estavam em outro, mas em nenhum momento existiu conflitos e atritos a ponto de ninguém denegrir ninguém. Sempre se respeitou essas posições e porque não respeitar agora, é uma questão de entendimento, de posição, eu tenho uma forma de pensar e quero as pessoas respeitem a minha posição e a minha postura”, afirma.

Indagada pela reportagem do Portal Infonet se estava magoada e se caberia perdão, Goretti Reis não pensou: “Não vou dizer que não existe magia, como se diz no provérbio popular, seria ‘tapar o sol com a peneira’. A mágoa existe, não tenha dúvida que sim, não esperava esse tipo de conduta, de reação, foi muito agressiva a forma como ele fez, como ele externou. As palavras que foram usadas, foram palavras que machucam, mas o tempo amadurece e vamos relevar com fé em Deus. O tempo faz com que a gente vá amadurecendo esse processo de esquecimento e com certeza acaba a raiva”, acredita.

Por Aldaci de Souza

Comentários