Governador lança “Sergipe Cidades”

0

Evento foi realizado no Centro de Convenções
“Hoje é o dia em que iniciamos a colheita. Nos preparamos para colher os frutos da participação popular e da compreensão de que não se pode governar isolado da sociedade”. Foi o que afirmou o governador Marcelo Déda na abertura da solenidade de lançamento do programa ‘Sergipe Cidades’, que prevê investimentos de R$ 279 milhões em obras de infra-estrutura, sendo R$ 250 milhões do Governo de Sergipe nos 75 municípios.

O evento foi lançado pelo governador e a secretária de Estado do Planejamento, Lúcia Falcon, na manhã desta quinta-feira, 7, no Centro de Convenções de Sergipe, contando com a presença do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, prefeitos, deputados e moradores de vários municípios sergipanos.

Presidente do BNDES, Luis Coutinho
De acordo com Marcelo Déda, as obras serão iniciadas imediatamente. “Os R$ 270 milhões serão aplicados prioritariamente no interior para dar apoio ao desenvolvimento social e econômico. Os recursos chegam em boa hora, neste momento de crise e as obras serão iniciadas tão logo os prefeitos assinem a adesão ao projeto”, ressalta acrescentando que as demandas foram escolhidas no fórum de participação popular e que será criada uma subsecretaria que responda por esses projetos.

Participação Popular

A secretária Lucia Falcon destacou que o projeto Sergipe Cidades mostra como funciona o planejamento participativo no Estado.  “Todos os municípios sergipanos serão contemplados com a construção de creches, escolas técnicas, centros comunitários, delegacias, postos policiais, mercados municipais, terminais rodoviários, praças e ginásios de esportes, além de investimentos nas áreas de saneamento e pavimentação urbana. Agora é só tocar as obras”, acredita.

Secretária Lúcia Falcon

Na solenidade, o presidente do BNDES, Luciano Coutinho também destacou a importância da participação das comunidades em priorizar as obras de mais necessidade nos municípios.

“Foi uma idéia inovadora do Governo de Sergipe que resultou de um processo de participação de forma muito criativa. Além da cosultar a sociedade, mostra todos os aspectos relativos ao desenvolvimento. O projeto olha as condições de vida das famílias no que toca a dimensão social do desenvolvimento, buscando atender às demandas das comunidades”, enfatiza Luciano Coutinho.

Por Aldaci de Souza

 

 

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais