Jackson e João se reúnem no Palácio de Veraneio

0
Jackson: encontro meramente administrativo (Fotos: Cássia Santana/Portal Infonet)

O governador Jackson Barreto (PMDB) e o prefeito João Alves Filho (DEM) tomaram café da manhã juntos nesta sexta-feira, 10, no Palácio de Veraneio. O encontro aconteceu a portas fechadas. Também participaram do café da manhã, a deputada Goretti Reis (DEM), secretária municipal de Saúde, e também o secretário municipal de infraestrutura, Luiz Durval, além do secretário de Estado José Sobral, de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag) e o vice-prefeito, José Carlos Machado.

Jornalistas não tiveram acesso ao encontro. No final, o governador e o prefeito falaram com o Portal Infonet e as respectivas assessorias, descartando qualquer entendimento político-partidário para as próximas eleições, que ocorrerão no mês de outubro deste ano quando a população brasileira voltará às urnas para eleger presidente da república, governadores, senadores e deputados [federais e estaduais]. “Não podemos deixar a política partidária à frente dos interesses administrativos”, observou Jackson Barreto. “Foram entendimentos meramente administrativos”, resumiu.

João Alves e Jackson após encontro no Palácio de Veraneio

“Foi um café da manhã de trabalho, discutindo problemas do povo que temos a responsabilidade de oferecer solução. Conversamos sobre assuntos relacionados a problemas na área de saúde, entendimentos da Secretaria de Estado da Saúde e Secretaria de Saúde de Aracaju no tocante a repasse de recursos e também discutimos projetos de obras como o viaduto que vai ser construído na avenida Augusto Franco para complementação da futura obra da avenida Gasoduto e avenida Augusto Franco, além de obras que devem ser realizadas no conjunto Lourival Batista que, com as últimas chuvas que atingiram a cidade, causou inundações no local”, observou o governador.

O prefeito João Alves Filho fez as mesmas observações, voltou a declarar que não falará em eleições de 2014 “nem sob tortura em pau de arara” e avaliou como um encontro positivo. “Não houve nenhuma queda de braço, falamos sobre coisas já pactuadas que às vezes não andam na mesma velocidade que as nossas ideias”, disse o prefeito, no primeiro momento.

O prefeito destacou que o foco da conversa foi centrado em dois aspectos: o atraso dos repasses do Governo do Estado para a Secretaria Municipal de Saúde e a abertura da nova pista em Aracaju que terá extensão de 28 km, passará por 22 bairros e será batizada de Juscelino Kubitscheck, que receberá também incentivos dos recursos do Proinvest. “Tem-se a vontade de se fazer tudo com harmonia”, considerou João Alves.

João Alves observou que transmitiu ao governador Jackson Barreto uma informação importante que teria recibo do ministro César Borges, dos Transportes, autorizando o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) para construir um viaduto na futura via para interligá-la às rodovias federais [BR 101 e BR 235]. “E ele [Jackson Barreto] ficou muito feliz porque isso representa economia para a prefeitura e para o governo do Estado”, comentou João Alves Filho.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais