Juiz proíbe atos políticos em Riachão do Dantas para evitar confusão

0
Cidade vive clima de tensão na prévia da eleição suplementar para prefeito (Foto: Portal Infonet)

Em decisão publicada na manhã deste sábado, 31, o juiz Eládio Pacheco Magalhães, da 4ª Zona Eleitoral, proibiu qualquer evento político de campanha no município de Riachão do Dantas durante este sábado. Os eleitores do município vão às urnas neste domingo para eleger o prefeito da cidade em eleição suplementar e, pela legislação, teriam até as 22h de hoje para participar de eventos como carreatas, passeatas, panfletagem e manifestações, mas o juiz entendeu que eventos desse porte poderiam aumentar o clima de tensão na cidade – que foi palco de confusão entre adversários políticos durante a semana.

A decisão tem efeito imediato e a notificação para a Polícia Militar já foi emitida. Na decisão, o juiz estipula multa de R$ 5 mil para cada ato violador, além da possibilidade de prisão em flagrante por crime de desobediência. O Cartório Eleitoral não registrou problemas na manhã deste sábado, mas segue atento ao cumprimento da decisão.

Durante a semana um vídeo circulou pela internet mostrando uma confusão envolvendo apoiadores de alguns candidatos ao pleito, com agressões verbais e física. O caso continua sendo investigado.

Por Ícaro Novaes

Comentários