Julgamento de contas de Valdevan 90 é adiado para segunda-feira

0
Valdevan não está impedido de ser diplomado (Foto: Reprodução/TRE)

O julgamento das contas de campanha de Valdevan 90 (PSC) foi adiado para a próxima segunda-feira, 17, no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). O pedido foi feito pelo Ministério Público Eleitoral, que já havia solicitado a reprovação da prestação de contas e a devolução de R$90 mil pelo mesmo.

De acordo com a procuradora Regional Eleitoral Eunice Dantas, o pedido de adiamento foi para que houvesse tempo de ser analisadas provas do inquérito enviadas pela Justiça em primeiro grau. “Já estamos em posse do que foi feito no inquérito, recebemos os documentos da Polícia Federal. Isso subsidiará a ação que iremos entrar. O pedido é pela cassação, a ação está adiantada e tem que ser protocolada na segunda-feira”.

Se houver a cassação, Valdeval 90 ficará inelegível. Ainda na segunda-feira, há a possibilidade de o deputado federal eleito ser diplomado. Assim, ele teria foro privilegiado, mas não para este caso em que responde atualmente, visto que o Supremo Tribunal Federal (STF) entende que supostos crimes que não foram praticados no exercício da função não são contemplados. Nesta possibilidade, o processo criminal continuaria aqui em Sergipe.

Valdevan 90 foi preso pela operação Extranexus da Polícia Federal, que investiga inserção de declarações falsas em prestação de contas de campanha por parte de candidato. Ele está detido no presídio de Estância. Alguns dos doadores confessaram terem emprestado o CPF para o candidato.

Outros julgamentos adiados

Tiveram os julgamentos adiados para a próxima segunda-feira, 17, os eleitos deputado estadual Samuel Carvalho (PPS), Robson Viana (PSD), Bosco Costa (PR) e Fábio Reis (MDB).

Por Victor Siqueira

Comentários