Kitty Lima se reúne com Belivaldo para cobrar fim de zoológico

0
(Foto: assessoria parlamentar)

Dias após visitar e constatar novamente a situação caótica do Zoológico Parque da Cidade, a deputada estadual Kitty Lima (Cidadania) cobrou um diálogo com o governador Belivaldo Chagas (PSD) na tribuna da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) e foi atendida pelo gestor no seu gabinete durante a tarde da última segunda-feira, 03.

Entendendo a necessidade de execução de medidas emergenciais no espaço, Kitty alertou ao governador para ações que podem ser feitas a curto e médio prazo. “A situação é preocupante. Tenho acompanhado há muito tempo e cobrado que, no mínimo, o local seja transformado em um santuário de proteção à fauna e os animais que ali estão tenham um estado de maior dignidade. O caso mais alarmante é o do leão, que já temos criado uma rede de contatos no intuito de transferi-lo o mais breve possível”, salientou Kitty.

Diante o aceno positivo do governador, a deputada se comprometeu em manter uma agenda e intermediar as ações através dos contatos já construídos, incluindo o diálogo com a Central Elétrica de Sergipe S.A (Celse), que já recebeu um projeto produzido pelo mandato da parlamentar no qual está disposta a construção de um santuário ecológico onde atualmente funciona o zoo.

Na oportunidade, também foram cobradas a implantação de um programa estadual de castração de animais, a criação de uma delegacia virtual para registrar crimes contra os animais, a retomada da construção de casas populares em Maruim e a revisão da tabela dos servidores de nível básico.

Segurança Pública

O início do mandato na Alese tem sido marcado por diversas ações e cobranças de Kitty Lima em prol do fortalecimento da segurança pública no estado e, entre as medidas provocadas pela parlamentar para essa construção, passa a convocação dos concursados na área. “Parabenizamos pela atitude de convocar os primeiros policiais militares, mas precisamos também priorizar os quadros do Corpo de Bombeiros e dos presídios sergipanos com a chamada de novos soldados, oficiais e agentes penitenciários.”, argumentou.

Para a deputada, não há chances de Sergipe sair da atual situação caótica que vive a segurança sem essa convocação imediata e a continuidade da realização de concursos na área. “Entendemos as dificuldades financeiras, mas estamos falando de vidas perdidas diariamente para a criminalidade que a cada aumenta mais e mais.”, finalizou Kitty.

Fonte: assessoria parlamentar da deputada

Comentários